Warnaco prevê emergir da falência em 2003

A produtora de vestuário americana Warnaco apresentou o seu plano de reorganização ao Tribunal de Falências americano de Nova Iorque e espera emergir do Capítulo 11 do Código de Falências já no início de 2003. A empresa sediada em Nova Iorque apresentou protecção de falência no passado mês de Junho, depois de ter mergulhado em dívidas no valor de 2,48 mil milhões de euros. Depois de se reerguer já no início do próximo ano, a Warnaco espera ter reduzido as suas dívidas para 265 milhões de euros. A empresa adiantou que a nova Warnaco tem uma “sólida medula, com um negócio bastante competitivo”. A reestruturação passa por desfazerem-se das operações que não são essenciais, tais como a divisão de roupa de dormir GJM e a marca de lingerie Izka e Lejaby, bem como alterações nas divisões de sportswear, natação e roupa íntima. A Warnaco adiantou também que iniciou a procura de um director-geral permanente para substituir o presidente e director-geral interino Antonio Alvarez.