Vestuário prepara descarbonização

“Descarbonização da indústria do vestuário – oportunidades e medidas de ação” é o nome do primeiro webinar sobre descarbonização organizado pelo CENIT e pela ANIVEC. No evento, agendado para 2 de fevereiro, serão ainda apresentados os resultados do inquérito sobre a eficiência energética neste sector.

A participação no webinar, que será realizado em ambiente zoom, é gratuita, mas está sujeita a inscrição. «No seguimento do inquérito realizado sobre a eficiência energética no nosso sector, que contou com uma resposta massiva por parte dos associados, o CENIT e a ANIVEC propõem-se desenvolver uma série de ações, para responder aos anseios e às necessidades reportadas, incluindo a realização de webinars acerca do tema», justifica a organização.

A primeira parte do webinar “Descarbonização da indústria do vestuário – oportunidades e medidas de ação” – que no total terá uma duração aproximada de duas horas, com início às 15 horas – será, de resto, dedicada à apresentação dos resultados, a cargo do vice-presidente da ANIVEC – Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confeção, Jaime Regojo, a que se seguirá o esclarecimento por parte do CENIT – Centro de Inteligência Têxtil sobre o aviso de concurso do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para a descarbonização da indústria.

A segunda parte do webinar será preenchida pela intervenção de Brigitte Abreu, da direção comercial da Elergone Energia, especialista em energia solar, primeiro em relação a auditorias energéticas e, depois, em energias alternativas, nomeadamente painéis fotovoltaicos.

Por último, e antes da habitual sessão de perguntas e respostas, José Nabor Ferreira, sales manager da empresa Hábito Planeta, irá fechar o webinar, com a apresentação de medidas para a eficiência energética.

«Tendo em conta que, no segundo semestre de 2021, assistimos a um aumento extraordinário do custo da eletricidade, com implicações diretas nos encargos e na competitividade das empresas, esta é seguramente uma oportunidade a não perder», salienta a organização.