Vestuário Ecologista

A moda volta-se cada vez mais para as novas matérias primas, pensando muitas vezes não no conforto corporal, mas no bem estar do ambiente. E são cada vez mais os designers e estilistas que procuram para as suas roupas novas emoções e novos tecidos, mesmo que estes nos pareçam estranhos à primeira vista. No entanto, a verdade é que não passam despercebidos. Em alternativa ao algodão, linho ou seda, o plástico pode ser uma opção válida para os amantes do vestuário pouco convencional. Até porque em época de reaproveitar, reutilizar e reconverter, transformar um material altamente poluente numa peça de roupa pode ser uma acção politicamente correcta, captando as simpatias ecologistas. A marca francesa Piece à Conviction, através do seu estilista, Frédérique Daubal, levou este princípio à risca e criou vestidos, casacos, chapéus e vários acessórios para a casa, como as cortinas de banho por exemplo. Cosendo saco a saco, as peças tomaram forma, explica a marca. A Piece à Conviction tem representação em Portugal no número 25 da rua do Arsenal, em Lisboa.