Uma explosão de moda

A moda regressou às passerelles e a honra de abertura dos desfiles para a Primavera/Verão 2010-2011 coube, mais uma vez, à Casa dos Criadores. A 27ª edição do evento, realizado em São Paulo, apresentou um saldo positivo segundo André Hidalgo, organizador da Casa dos Criadores, que aproveitou o clima de festa final para levantar o véu da próxima edição. «Não quero perder a essência das criações criativas assinadas por jovens e reconhecidos estilistas, mas pretendo colocar em prática, já no próximo ano, uma feira de negócios para que as vendas aumentem», revelou Hidalgo, acrescentando ainda que é sempre a parte comercial que determina o sucesso das criações e dos próprios estilistas. «Não adianta apenas ser talentoso e ter boas colecções, tem de se saber misturar conceitos alternativos, sem esquecer o consumidor final», sublinhou o organizador da Casa dos Criadores. A iniciativa deverá ser realizada em paralelo com a edição do Verão 2012 da Casa de Criadores, que terá lugar em Maio de 2011. «Estamos em busca de parceiros para organizar este salão de negócios. Vamos inclusivamente procurar apoio do Governo Estadual e da Prefeitura de São Paulo para que o projecto seja inserido no calendário de moda nacional», concluiu Hidalgo. Nesta edição, as colecções apresentadas destacaram-se pelo brilho e pelas cores fortes, sinónimo de temperaturas também mais elevadas. Gustavo Silvestre inspirou-se no Carnaval de Olinda para criar modelos repletos de estampados digitais – desenhados por Ad Ferrera, do estúdio de criação o Nono –, cores fortes e ainda cortes e decotes insinuantes. Já Arnaldo Ventura estreou-se na passerelle da Casa dos Criadores com a colecção “Canto para o Mar”. O estilista projectou o mar numa passerelle virtual onde apresentou roupas inspiradas no encontro de pescadores com Iemanjá. Danilo Costa e Karin Feller foram outros dos estreantes da programação oficial desta edição, após deixarem o Projeto Lab. Danilo Costa apresentou uma colecção plena de referências náuticas, intitulada “Not Just a Summer Love”, que resultou em formas confortáveis. Por seu lado, Karin Feller inspirou-se num piquenique, para propor uma moda funcional e romântica, com modelos curtos e justos, que davam às manequins um certo toque de inocência. Em relação ao Projeto Lab – porta de entrada para o evento –, Yoon Hee Lee, Gabriela Sakate, Rober Dognani, Juss, a marca Gémeas, Luiz Leite e Cynthia Hayashi foram os estilistas presentes no mesmo. No encerramento do evento, Walério Araújo – um dos estilistas mais apreciados pelas celebridades brasileiras – celebrou o seu 40º aniversário na passerelle, mostrando uma colecção lúdica, que apostou num clima infantil, misturando sensualidade e ingenuidade por entre transparências e decotes. Este desfile trouxe até São Paulo um conjunto de celebridades e amigos do criador que deram ainda mais luz ao desfile, como a actriz Rosi Campos, o cabeleireiro Celso Kamura, o maquilhador Fernando Torquatto, o promotor David Brazil, o empresário André Almada e a cantora Stefhany.