Twintex apoia a natalidade

Além do kit bebé que é dado a todas as grávidas, a empresa de confeção está agora a oferecer uma gratificação monetária no valor de 400 euros a todos os trabalhadores que tenham filhos.

A medida integra o conceito Twintex EcoLife, que engloba as medidas de responsabilidade social que a empresa tem em prática. Batizada “Menino ou Menina?”, a campanha tem como objetivo «apoiar a equipa e reforçar o acompanhamento dado pela empresa em todas as fases da vida do trabalhador», destaca a Twintex em comunicado.

A gratificação monetária, no valor de 400 euros, é exclusiva para trabalhadores a contrato sem termo – que, segundo a empresa, representam cerca de 88% da equipa Twintex. «O elevado número de efetivos é, também ele, um indicativo da segurança e estabilidade oferecida», aponta a Twintex.

Além desta, a Twintex tem várias outras medidas de apoio à natalidade, incluindo a oferta de um kit com produtos de puericultura a todas as grávidas, a oferta de material escolar aos filhos dos trabalhadores em setembro e a oferta de presentes de Natal aos filhos dos trabalhadores.

No verão passado, a empresa estabeleceu ainda uma compensação monetária para todos os noivos.

Entrega de material escolar [©Twintex]
«A maior indústria de confeções da Beira Interior está focada na responsabilidade social que tanto a carateriza e em oferecer oportunidades únicas a todos aqueles que constroem diariamente a “Fábrica do Futuro”», descreve a empresa.

A Twintex, que a 24 de setembro celebrou 44 anos de atividade, tem igualmente em curso diversas ações voltadas para a sustentabilidade, incluindo a utilização de eletricidade verde, com a instalação de mais painéis fotovoltaicos, e a construção de novas instalações com preocupações ambientais.

«Temos muito claro, enquanto negócio, que, a nível industrial, queremos deixar, para o meio ambiente, um momento melhor do que aquele em que a fábrica começou, ter uma fábrica sustentável, uma fábrica verde, uma fábrica que protege os seus funcionários», resumiu Mico Mineiro, COO da Twintex, em entrevista ao Jornal Têxtil.