Turquia domina mercado das calças na Alemanha

A Alemanha importou, em 2001, cerca de 337,6 milhões de euros de Calças, Jardineiras, Calções, Bermudas, de malha. A Turquia foi o principal fornecedor deste mercado, tendo exportado, em 2001, 107,4 milhões de euros, correspondendo a aproximadamente 1/3 das importações alemãs deste tipo de artigos. A Itália é o primeiro país da UE na lista dos principais fornecedores, resultado de 18,8 milhões de euros transferidos para o mercado germânico. Todavia, as exportações transalpinas decresceram a uma taxa mais elevada do que as importações alemãs, implicando uma perda de peso relativo de 1,2 p.p. O preço médio das exportações italianas é bastante superior ao dos produtos provenientes da Turquia e China (com o preço dos artigos produzidos nestes dois mercados a corresponderem a menos de metade do valor dos produtos oriundos daquele país da U.E.). Portugal surge na nona posição, tendo exportado 8,9 milhões de euros de Calças, Jardineiras, Calções, Bermudas para a Alemanha. As transacções nacionais têm registado, no que respeita a estes produtos, uma ligeira perda de peso relativo no mercado alemão. Aliás, é a primeira vez que entre 1994 e 2001 o peso das exportações nacionais atingiu um valor inferior a 3%. O estudo completo encontra-se em www.portugaltextil.com