Tu piel. Nuestra marca.

O slogan “Tu piel. Nuestra marca.” vai percorrer a televisão, a imprensa, desfiles de moda, eventos e feiras na vizinha Espanha. Manobras publicitárias que contam com um investimento que ultrapassa os três milhões de euros. “Portugal In” é a marca que irá acompanhar todos os produtos. A escolha do “In” pretende transmitir a ideia de “estar no centro das tecnologias, dos mercados, dos públicos, da moda”. As cores verde e vermelha estarão a representar o nosso país. Uma parceria entre a Associação Nacional dos Industriais de Lanifícios (ANIL) e da Associação Portuguesa dos Industriais de Vestuário (APIV), que conta com o apoio de entidades estatais, tem como objectivo promover o sector. O projecto denominado “Portugal In”, arranca já em Setembro, iniciando a sua viagem pela Espanha e espera-se que mais tarde chegue a terras germânicas e aos Estados Unidos. Na opinião de José Robalo, director geral da ANIL, “é extremamente importante sensibilizar também os consumidores portugueses. É preciso mudar a imagem do sector também no País”. Mas até ao momento o POE não disponibiliza verbas para este tipo de acções de promoção em território nacional. Mas, a ANIL irá tentar obter outro tipo de apoios para desenvolver estas iniciativas em Portugal. O responsável mostrou-se indignado pelo facto de existir uma ideia errada sobre o sector dos lanifícios e dos empresários de lanifícios. “Somos o primeiro sector económico e exportamos mais de 50 milhões de contos. O nosso mercado é muito competitivo e se algumas confecções estão em crise é porque não apostavam nas colecções próprias. Há que saber arranjar soluções”, argumenta Robalo. “Muitas das marcas de renome internacional são produzidas em Portugal. Mesmo empresas espanholas são compradores de matéria-prima nacional. A Zara, por exemplo, produz 50% das suas confecções em Portugal”, acrescentou.