Tommy Hilfiger comprada por 1,6 mil milhões de dólares

O grupo de vestuário Tommy Hilfiger chegou a acordo e vai ser adquirida pela Apax Partners por 16,80 dólares por acção em dinheiro, representando um valor de transacção de 1,6 mil milhões de dólares.

 

Comentando o acordo definitivo, o director-executivo David Dyer afirmou que «acreditamos que esta transacção é a validação da marca e de oportunidades globais que estão presentes».

 

«Desde finais de 2003, que estamos centrados numa melhoria da performance operacional e na execução dos planos a longo-prazo para voltar a ganhar a nossa posição como empresa de crescimento e bons retornos».

 

«Fizemos consideráveis evoluções até aqui, enquanto percebíamos que ainda havia muito trabalho à nossa frente e que o nosso progresso até à data colocava-nos numa posição para considerar outras formas de libertar o valor da nossa marca e franchising».

 

Dyer afirmou que a empresa considerou uma variedade de opções, incluindo recapitalizações, reestruturações, compra de acções e outras medidas que criam valor, incluindo uma possível venda da empresa.

 

O sócio da Apax Michael Phillips afirmou que a «Apax Partners tem uma longa experiência em investimentos de sucesso no retalho e no sector do consumo, e acreditamos que a flexibilidade que vai ser permitido à Tommy Hilfifger como empresas privada com um poder de marca global muito grande vai permitir que o negócio cresça em ambos níveis operacional e financeiro».

 

Tommy Hilfiger, fundador e presidente honorário e principal designer afirmou que «esta é uma fase muito excitante na nossa evolução como empresa global de “lifestyle”. Estou também satisfeito por juntamente com o assegurar do fortalecimento da marca Tommy Hilfiger num nível mais elevado, podemos continuar com a nossa expansão global que é já um sucesso.

 

«Vou continuar a estar activamente envlvido no negócio e acredito que a Apax Partners seja o parceiro ideal para nos ajudar na nossa próxima etapa de crescimento».

 

Hilfiger vai continuar como designer principal assim como presidente do departamento de design e estratégia. O director-executivo da Tommy Hilfiger Europa, Fred Gehring e Ludo Onnink, director financeiro, também concordam com a elaboração de novos acordos com os funcionários em troca do encerramento.

 

Dyer vai deixar a empresa e a Gehring vai assumir a liderança após o encerramento do acordo, que deverá acontecer na Primavera de 2006.

 

Tommy Hilfiger desenha e explora os mercados de homem, senhora e criança, jeanswear e vestuário para criança. A empresa inclui as marcas Tommy Hilfiger e Karl Lagerfeld.

 

Através de uma linha de licenciamentos estratégicos, a empresa também oferece uma ampla disposição de vestuário relacionado, acessórios, calçado, fragrâncias e mobílias para casa.

 

A Apax Partners é um dos grupos líderes mundiais de investimento, a operar nos Estados Unidos, Europa, Israel e Ásia.