Têxteis-lar triunfam na estreia

Artigos de decoração e oferta encheram a capital italiana de novos motivos de interesse. A Ambiente chegou pela primeira vez a Itália – entre os dias 6 e 8 de Junho – e os resultados, segundo a organização, a cargo da Messe Frankfurt, não podiam ser mais animadores. «Estou extremamente satisfeito com a resposta que o mercado demonstrou nesta primeira edição da Ambiente Italia», revelou Donald Wich, director-executivo da Messe Frankfurt Itália, referindo-se aos mais de 14 mil visitantes que passaram pelo recinto do Nuovo Polo Fierístico de Roma. A feira estendeu-se por quatro pavilhões e foi organizada em três secções: Dining, dedicada aos produtos para a mesa e acessórios; Giving, para artigos de oferta; e Living, para acessórios e decoração. O formato da exposição, pensado pelo arquitecto Carlo Colombo, director artístico do certame, mostrou-se igualmente um sucesso, tendo, segundo a organização, agradado aos visitantes. Do lado dos expositores, 371 provenientes de 15 países mostraram o que de melhor se faz no sector. De Portugal marcaram presença sete empresas – A. Ferreira & Filhos, AMR Internacional, Mundotextil, Ricardo Milton, Sampedro, Têxteis Evaristo Sampaio e Têxteis íris –, apoiadas pela Associação Selectiva Moda, numa iniciativa no âmbito do Qren. No regresso a Portugal, as opiniões dos expositores nacionais dividiram-se. Se para a Sampedro e a A. Ferreira & Filhos, com a marca Homania, a estreia em Roma foi considerada decepcionante, já a Têxteis íris foi uma das mais entusiasmadas no regresso a Portugal, considerando como um verdadeiro sucesso esta participação. «A nossa empresa está presente no mercado italiano há mais de uma década, através das feiras de Milão, mas foi gratificante sentir a reacção calorosa dos novos e potenciais clientes sedeados mais a sul do país», referiu Inês Schappo, responsável comercial da empresa. «Tivemos uma receptividade muito positiva à nossa colecção. Felizmente temos colhido bons frutos dos nossos esforços no sentido de criar produtos, onde aliamos beleza, sofisticação e qualidade, sem esquecer o lado prático, no que toca a vestir a casa», explicou. E os bons resultados fazem com que a empresa cogite já no regresso ao certame em 2010: «pensamos voltar a participar na Ambiente Italia, desde que a data da sua realização o permita, uma vez que participamos em mais de dez feiras de decoração por ano», concluiu Inês Schappo. Para a organização, como explicou Wich, os resultados e as consultas junto de expositores e visitantes fazem com que a Messe Frankfurt reforce a sua convicção quanto à pertinência do evento: «juntamente com todas as pessoas que colocaram a sua confiança neste projecto desde esta primeira edição, demos o sinal de apoio e optimismo que o mercado precisava. Isso irá ajudar a Ambiente Italia a crescer mais e a tornar-se num evento de referência para a área do Mediterrâneo», concluiu. A “prova dos nove” será tirada para o ano, com a segunda edição da Ambiente Italia marcada para 29 a 31 de Maio de 2010.