Tearfil e Spinnova inauguram linha de produção

A nova linha produtiva confirma a parceria estabelecida entre a empresa portuguesa de fiação e a empresa finlandesa de fibras e vai dedicar-se à inovação e desenvolvimento de artigos com Spinnova.

[©Spinnova]

O anúncio, feito num comunicado enviado pela Spinnova, indica que a linha de fiação de I&D foi inaugurada na unidade produtiva da Tearfil em Guimarães e que a mesma será usada «para o desenvolvimento de testes e produtos com a fibra Spinnova. O objetivo é desenvolver a fibra para ser utilizada em diferentes aplicações na produção de fios à escala comercial e agilizar o trabalho de desenvolvimento com parceiros industriais».

A concretização desta linha de fiação vem no seguimento do acordo de cooperação para o desenvolvimento de fios firmado em junho do ano passado. As duas empresas partilham a capacidade produtiva desta linha, cujos equipamentos foram entregues pela construtora de maquinaria Rieter.

«Estamos entusiasmados com a inauguração da linha de fiação de I&D da Spinnova na Tearfil. Esta parceria com a Spinnova representa um marco significativo no nosso compromisso com a inovação sustentável na indústria têxtil», afirma Maria de Belém Machado, CEO da empresa portuguesa. «Ao partilharmos a capacidade desta linha de fiação com tecnologia de ponta, a Tearfil e a Spinnova estão a avançar no desenvolvimento e nos testes da fibra Spinnova, abrindo caminho para a sua adoção à escala industrial. A nossa experiência no processamento de fios em combinação com a tecnologia inovadora de fibras da Spinnova vai moldar o futuro dos têxteis sustentáveis», acrescenta.

[©Spinnova]
[©Spinnova]
Shahriare Mahmood, diretor de produto e sustentabilidade da Spinnova, sublinha que «a fiação é um passo importante no desenvolvimento da fibra Spinnova, de uma nova fibra a um produto comercial que é adotado na cadeia de valor têxtil à escala industrial. Ter a nossa própria linha de fiação de I&D dá-nos flexibilidade e velocidade no teste de lotes de fibra». O objetivo, refere, «é produzir diretrizes para a indústria usar a fibra Spinnova em diversas aplicações, que serão criadas com a ajuda da Rieter, combinando a experiência da Tearfil no processamento de fios».

Franziska Häfeli, diretora comercial e de marketing da Rieter, destaca o pioneirismo da fibra Spinnova e o seu potencial «para se tornar um produto comercial em larga escala. Com o seu profundo conhecimento têxtil, da fibra ao fio, a Rieter continuará a apoiar a Spinnova na fiação de um fio totalmente inovador”.

Recentemente, chegou ao mercado o primeiro produto comercial produzido com a fibra Spinnova feita nas instalações da Woodspin, a joint-venture da Spinnova com a Suzano. É uma t-shirt da marca Jack & Jones produzida com uma mistura de 30% Spinnova, 45% algodão, 20% algodão orgânico e 5% elastano e está disponível em três cores: branco, bege e preto.