Spinnova chega ao denim

A empresa finlandesa anunciou o desenvolvimento do primeiro denim com a sua fibra epónima. Os jeans produzidos com algodão e Spinnova têm vantagens sustentáveis, nomeadamente um menor consumo de água e maior facilidade na reciclagem.

[©Spinnova]

As primeiras amostras estão a ser apresentadas na feira de denim Kingpins Amsterdam, que decorre até amanhã, 19 de outubro, em Amesterdão, e, segundo a Spinnova, são um primeiro passo para tornar a indústria do denim mais amiga do ambiente.

«Com um mercado mundial de 3,1 mil milhões de pares em 2022, os jeans podem facilmente ser considerados uma peça obrigatória no guarda-roupa. Apesar disso, tem havido uma limitação na inovação para responder aos muitos desafios de sustentabilidade na produção de denim, como a intensidade de utilização de água e recursos, muitos químicos e tingimento, assim como a limitação na reciclagem quando inclui misturas com materiais como o poliéster e o elastano», destaca a empresa em comunicado.

A fibra da Spinnova é produzida a partir de polpa de eucalipto certificada, que, refere a Spinnova, usa menos 99% de água e tem 74% menos de emissões de dióxido de carbono em comparação com o algodão convencional. Além disso, não usa químicos nocivos na fiação e pode ser rastreada. O toque está igualmente salvaguardado, com os primeiros testes a mostrarem que o denim produzido com uma mistura de algodão e fibra Spinnova mantém as exigências de qualidade e estéticas do denim.

«Vemos uma enorme oportunidade em mudar a forma como as matérias-primas são aprovisionadas e tratadas para um produto tão icónico e intemporal como o denim. É entusiasmante ver que conseguimos já responder a muitos dos desafios atuais de sustentabilidade com a tecnologia da Spinnova, ao mesmo tempo que mantemos a qualidade associada com um bom par de jeans. A Spinnova trabalha com parceiros no segmento do denim para otimizar a quantidade da fibra no tecido para a melhor utilização das suas qualidades», afirma Shahriare Mahmood, diretor de sustentabilidade da Spinnova.

«Temos sentido um interesse considerável das marcas e esperamos expandir a cooperação com as produtoras de denim e marcas parceiras para lançarmos, em conjunto, os nossos primeiros produtos comerciais de denim», acrescenta Allan Anderson, diretor comercial das Spinnova.

A empresa finlandesa antecipa que os primeiros tecidos e produtos feitos com a fibra Spinnova cheguem ao mercado nos próximos 12 meses.