sia ganha terreno na estamparia

O mercado mundial da estamparia têxtil está a crescer lentamente, e cada vez são maiores as diferenças entre as várias regiões no que diz respeito às quantidades de produção, à extensão do estampado e ao número de cores por desenho. Com base em informações das estamparias de todos os continentes, a Ásia e alguns países como o México continuam a ganhar mercado a Ocidente graças aos baixos custos. As empresas da Europa Ocidental e da América do Norte favorecem a mudança graças às alterações nas operações de subcontratação que se realizam nestas regiões. As maiores expectativas de qualidade dos consumidores e a maior procura de capacidade de resposta ao mercado está a ter um impacto significativo na cadeia de valor têxtil. A produção mundial total cresceu um por cento, o que corresponde a 18,6 mil milhões de metros. Observa-se uma crescente segmentação na indústria , com a especialização das empresas e com a redução da longitude média da operação, que caiu 15 por cento desde 1997, em resposta à procura de produtos mais individualizados.