Roupa de Cama lusa conquista espanhóis

A produção nacional, a par da produção francesa, é a principal abastecedora da procura espanhola de roupa de cama, conquistando 24,5% das importações do parceiro ibérico. As exportações portuguesas assumiam a liderança em 1999, todavia as transferências provenientes de França registaram um crescimento de 186,8%, contribuindo para que tenha subido no ranking dos principais fornecedores do mercado espanhol, ocupando conjuntamente com Portugal a liderança. Assim, as importações oriundas destes dois fornecedores representam cerca de metade das importações totais da vizinha Espanha. As exportações portuguesas para Espanha totalizaram, em 2000, 12,3 milhões de euros, tendo registado um acréscimo de 17,3% face ao ano anterior. Contudo, esta evolução não impediu que a posição de Portugal se tivesse deteriorado, com a quota de mercado a reduzir 8 p.p., uma vez que as importações de nuestros hermanos cresceram 56,8%, um ritmo significativamente superior ao das exportações portuguesas. Por outro lado, face à performance evidenciada, os produtos franceses conquistaram uma quota de 24,5%, superior em 11,1 p.p. em relação a 1999. Esta proximidade no peso relativo conquistado pela França e Portugal é também extensível ao nível de preços praticados, já que os preços médios de exportação para Espanha atingiram, respectivamente, 10,4 €/kg e 10,4€/kg, que correspondem a aproximadamente o dobro dos preços dos produtos provenientes de Marrocos e Paquistão (respectivamente, 3º e 4º fornecedores). O estudo completo encontra-se em www.portugaltextil.com .