Roménia tem Tiffosi

No dia 12 do mês passado, a Roménia recebeu a primeira loja própria da Tiffosi, marca portuguesa da empresa da Famalicão Cofemel, confirmando a concretização do projecto de internacionalização anteriormente adiantado pela directora de marketing, Helena Silva, ao PortugalTêxtil (PT). Na agenda para este ano estava previsto que, nas suas directrizes essenciais, 2006 é «o ano do arranque da internacionalização para a Cofemel- Roménia. A racionalização de recursos, a par de investimentos cirúrgicos, ditará a evolução da empresa no mercado nacional, dado que as expectativas de retoma estão aquém de se concretizarem». Já no inicio do ano, quando a empresa renovou a imagem do seu website, levantava um pouco o véu, terminando o texto de apresentação da empresa com «o kow-how adquirido no mercado nacional o desenvolvimento de acções e iniciativas que assegurarão o mesmo sucesso da marca Tiffosi nos mercados externos». A abertura de uma loja em Bucareste, no Centro Comercial Feeria-Baneasa, deu inicio a esse passo estratégico, com o objectivo de «criar e desenvolver a notoriedade da marca para novos mercados com potencial de expansão», incluindo neste grupo países como a Polónia, o Luxemburgo ou a França. Como a «retoma» demora, a empresa que em Portugal já tem 50 lojas Tiffosi, privilegia por cá o regime de franchising– no qual tem cinco pontos de venda – para crescer internamente, estando em estudo novas localizações entre o final deste ano e o inicio do próximo. «No mercado nacional a abertura de novas lojas em regime de franchising assume cada vez uma maior importância na estratégia da Cofemel» adianta Helena Silva ao PT. A empresa não diferencia a oferta para este canal de retalho do das suas próprias lojas, com colecções e estratégia de comunicação semelhantes, como nos adiantou a empresa num anterior Tema de Capa do Jornal Têxtil sobre Jeanswear. As vantagens comparativas da Tiffosi são a inovação, a qualidade e a diferenciação, como na altura a empresa também avançou ao JT. Segundo Helena Silva, já 2005 tinha sido um ano de «consolidação do mercado nacional, apostando definitivamente na marca Tiffosi», nas vertentes Tiffosi Denim, no sportswear para homem e senhora dos 18 aos 35, e Tiffosi Kids no vestuário infantil dos zero aos 16 anos. A internacionalização vai ser acompanhada por um investimento na área de logística, como adiantou também ao JT no Tema de Capa sobre Logística: «O grande investimento que a Cofemel prevê a curto/médio prazo na área logística está associado ao processo de internacionalização da marca Tiffosi. Todo o investimento terá como principal objectivo a redução de custos associados à armazenagem (nomeadamente de recursos humanos e de movimentação de produto) e à colocação do produto em mercados diferentes no momento certo. A Cofemel foi criada em 1978, e a sua marca Tiffosi em 1991. Em 2005 apresentou um volume de negócios de 25,4 milhões de euros e contou com 300 trabalhadores. Este ano já abriu três lojas em Portugal.