Renewcell recebe propostas

Até 28 de março, o prazo limite, a empresa insolvente recebeu várias propostas de potenciais compradores para os seus negócios e ativos, que irão agora ser analisadas. O processo deverá ficar concluído em meados de abril.

[©Renewcell]

Em comunicado, a Renewcell confirma que «foram recebidas múltiplas propostas para o negócio e ativos», adiantando que «estas ofertas irão passar por um processo de revisão rigoroso», devendo o processo ficar concluído «em meados de abril».

Até lá, a produtora de Circulose, que produz polpa que pode ser usada para produzir fibras de liocel, viscose, modal e acetato, continua com o futuro incerto, podendo ser mantida na totalidade ou ser desmantelada e vendida em peças.

Entre os ativos que estão à venda estão a primeira unidade de reciclagem têxtil à escala industrial da Renewcell, que está instalada numa antiga instalação de produção de papel. Batizada Renewcell 1, a unidade deveria servir como modelo para outras instalações. A Renewcell 1 deveria lidar com os resíduos da Europa, enquanto a Renewcell 2 ou Renewcell 3, na América do Norte ou no Sul da Ásia, deveriam tratar os resíduos desses mercados, permitindo reduzir os custos e a poluição resultante da necessidade de transporte.

A Renewcell 1 tinha uma capacidade de 60 mil toneladas anuais, com a empresa a indicar que poderia produzir mais de um milhão de toneladas de Circulose por ano a partir de 2030.

Há várias explicações avançadas para o colapso da Renewcell, desde o facto da fibra ser demasiado cara até ao pouco interesse por parte de marcas e retalhistas, passando pela conjuntura macroeconómica.

Ao Sourcing Journal, sem avançar quem podem ser as entidades que apresentaram propostas para a compra de ativos da Renewcell, Tricia Carey, diretora comercial da Renewcell, admitiu estar grata pela enchente de apoio que a empresa tem recebido, incluindo dos produtores de fibra da Circulose Supplier Network – da qual fazem parte 10 empresas portuguesas –, que têm polpa suficiente para os próximos 18 a 24 meses.

«Sendo um grupo de fiações, tricotagens, tecelagens e confeções, compreendemos que as alterações climáticas são um grande desafio que temos de assumir com seriedade», escreveram recentemente os membros da rede Circulose numa carta aberta, assinada, entre outros, pela Chargeurs PCC. «A Renewcell tem sido um ator-chave neste esforço e acreditamos que é uma empresa que vale a pena salvar. Desde que nos juntamos à Circulose Supplier Network, fizemos todos esforços significativos para apoiar a Renewcell e a sua missão. Estamos empenhados em fazer ainda mais para os ajudar a ser bem sucedidos», acrescentam.

«Agradecemos todo o apoio da equipa da Renewcell, da Canopy, da Fashion for Good, da Accelerating Circularity, dos parceiros e marcas da Circulose Supplier Network nos últimos meses», afirma Tricia Carey. «Sabemos que as soluções circulares apenas podem ser escaladas quando trabalhamos em conjunto», conclui.