Que tecidos usará o Verão 2007?

Depois das ofertas apresentadas, é agora o momento dasinterpretações individuais que se espelham posteriormente nas colecções. Em particular, no caso da confecção, isto significa desenvolver amostras de padrões exclusivos e ilustrações com os seus fornecedores de tecidos. Otto Drögsler, da René Lezard, afirma que«cada vez mais nos restringimos a menos fornecedores para correr menos riscos». A cor é sempre um dos temas que mais controvérsia gera nos círculos de moda. A opinião geral é que «não se deve mergulhar em tons pálidos». Por consequência, mistura-se cada vez menos os tons claros, brancos e terra,optando-se pelo contaste claro/escuro através do azul-marinho, que volta a ganhar importância, preto, antracite e castanho-escuro, como contraponto aos tons mais claros. As apostas vão também para a escala azul, com o índigo dos jeans, desde a lavagem clara à escura, tons de água e azuis mais suaves. O azul-turquesa já é alvo de divergência, sendo totalmente recusado por alguns e aceite por outros em peças mais pequenas e em estampados onde se brinca com a cor. No que diz respeito aos verdes, a tendência é para os caquis e verde azeitona. As nuances de rosa e fúcsia são utilizadas como cores para realçar, tal como o amarelo quente e os tons laranja. A seda presente em algumas misturas para um look nobre e desportivo conquista alguma importância lado a lado com o linho e o algodão. Para outras situações opta-se pelas qualidades de lã/seda separadas da combinação seda com linho ou algodão e também com poliéster. Neste caso, e também nas misturas algodão/linho, as formas de ligação e estruturas, assim como o efeito dos fios, revelam-se bastante atractivos para tecidos a usar em casacos. As cores únicas, mescladas, saem favorecidas, acontecendo o mesmo com os jacquards onde aparecem novos padrões. O stretch continua a ser importante, sobretudo nas calças estreitas. O recurso a elementos decorativos na Primavera de 2007 também gera bastante controvérsia. Enquanto nas colecções clássico-modernas ainda se opta por uma época enfeitada, no caso de algumas marcas como René Lezard, os bordados deixam de existir. Os estampados mantêm-se já que no Verão reinam as saias, blusas e vestidos. Assim, georgettes esvoaçantes, chiffons e jerseys de seda com motivos florais e estampados coloridos permanecem actuais.