Praia, Mar e D’Arrocha

Há algumas semanas atrás um colunista do semanário Expresso dizia que, se queríamos ganhar ao Boris Becker, era estúpido jogar ténis com ele. Seria melhor desafiá-lo para uma partida… de matraquilhos. Qualquer pessoa provida do mínimo de bom senso seria obrigada a concordar. Mas, não é propriamente o bom senso que faz singrar uma marca no mundo dos negócios actual, bem pelo contrário. Por isso, a D’Arrocha decidiu desafiar o Boris Becker para uma partida de ténis, e vencê-lo. Obviamente, trata-se de uma metáfora que permite compreender como uma marca portuguesa – a D’Arrocha, especialista sobretudo em toalhas de praia, conseguiu conquistar o exigente mercado italiano, “batendo-o” naquilo que é o seu forte – o design inovador. «Como trabalhamos com grandes marcas, como por exemplo La Perla e Missoni, somos impelidos a acompanhar muito de perto as tendências da moda actuais», explica João Teibão, director comercial da D’Arrocha, ao Portugal Têxtil. É este design inovador, aliado a uma qualidade irrepreensível, que permitiu aos produtos D’Arrocha serem objecto de reconhecimento internacional, com um volume de exportação que ascende a 95%, e onde somente a Itália é responsável por 40%. Mas possuindo também importantes quotas de mercado em Espanha, Alemanha, França, EUA e Japão, tal como revela João Teibão. Esta forte presença da D’Arrocha no mercado externo tem sido impulsionada pela sua participação nas mais importantes feiras internacionais, entre as quais a Heimtextil ocupa lugar de destaque, segundo as palavras do seu director comercial (ver notícia PT). Revelada neste importante certame internacional dos têxteis-lar em Janeiro último, a nova colecção da marca privilegia a harmonia dos contrastes nos tons, nas estruturas e nos desenhos, com uma forte predominância das cores alegres e dos padrões geométricos para a estação estival que se avizinha. «Damos também grande importância aos acessórios: sacos de praia e de cosmética, chinelos, roupões, chapéus,… acompanham sempre as nossas toalhas de praia», sublinha o director comercial. Fundada em 1943, a Pinheiro da Rocha, empresa detentora da marca D’Arrocha, dedicou-se desde sempre ao fabrico de felpos, designadamente toalhas de praia, robes, conjuntos de casa de banho, toalhas de desporto e de publicidade. «Como toda a nossa produção é jacquard tinto em fio, acabamos por ser mais populares nas toalhas de praia mas agora, graças a uma forte aposta na componente moda, a nossa roupa de banho adquiriu também uma maior visibilidade», explica João Teibão. Para além da tecelagem, a especialista em felpos dispõe ainda de uma unidade de tinturaria e acabamentos e de uma outra de confecção. Com um efectivo de 180 pessoas, a Pinheiro da Rocha atingiu o volume de negócios de 8 milhões de euros no último exercício fiscal, que terminou em Dezembro de 2005. Para o corrente ano, o director comercial da D’Arrocha afirma que «os objectivos mantêm-se: superar-nos cada dia em criatividade, qualidade e serviço».