Portugueses lançam cobertor pesado

Considerados melhores para a saúde e para boas noites de sono, os cobertores pesados estão agora a chegar ao mercado de consumo ibérico. A marca Blanky foi lançada por dois portugueses e oferece cobertores fabricados com algodão e grãos de areia de vidro que proporcionam um efeito de massagem e relaxamento.

[©Blanky]

O produto não é uma novidade absoluta e já é usado, de acordo com o comunicado da Blanky, para fins terapêuticos, nomeadamente no tratamento de condições como o autismo, transtorno obsessivo compulsivo e ansiedade.

Os cobertores pesados da Blanky, que têm características antialérgicas, empregam a técnica “deep touch pressure”, que utiliza o peso extra do cobertor para aplicar pressão localizada nos músculos e relaxar o corpo, como acontece numa massagem. «Em concreto, esta técnica estimula de forma natural a libertação no organismo de “hormonas da felicidade” – como a serotonina – e do “sono” – como a melatonina – que provocam uma sensação de bem-estar e calma no sistema nervoso, regulando ainda o ciclo do sono, respetivamente», explica o comunicado da marca, que recorre a Margarida Mendes, neuropsicóloga na Clínica de Santo António do Grupo Lusíadas Saúde para explicar os benefícios. «Estas hormonas são essenciais para um sono tranquilo e são produzidas naturalmente pelo organismo, só que nem sempre em quantidade suficiente. No caso da melatonina, por exemplo, os seus níveis diminuem com o avançar da idade», aponta. «Ao estimular naturalmente a produção de melatonina no cérebro, o cobertor pesado contribui assim para um sono de melhor qualidade e mais duradouro, ajudando também a tratar a insónia e a diminuir o tempo necessário para adormecer», acrescenta a neuropsicóloga.

Base na experiência

A Blanky, de resto, nasceu da experiência pessoal de um dos fundadores, Pedro Caseiro. «Vivia em Londres e o stress acumulado do dia-a-dia provoca-me dores nas costas que não me deixavam dormir descansado. Precisava de uma solução que não passasse por comprimidos para dormir e foi então que numa das minhas pesquisas me cruzei com o cobertor pesado. Decidi experimentar e fiquei muito surpreendido e igualmente satisfeito: da noite para o dia, as minhas dores tinham desaparecido e eu comecei a dormir muito melhor», explica o agora responsável pela área de marketing e vendas da marca.

[©Blanky]
Foi Pedro Caseiro que mostrou o produto ao amigo Ricardo Parreira e juntos resolveram avançar com a marca. «Percebemos depois que o cobertor pesado já existia no mass market em países como os Estados Unidos, Canadá, Londres, Alemanha e países nórdicos, mas que ainda estava fora do radar da Península Ibérica. Foi aí que detetámos uma oportunidade de mercado e decidimos avançar com a nossa própria marca», revela Ricardo Parreira, que é responsável pela gestão da logística e da produção.

Com o conceito “Dormir bem é para todos”, os cobertores pesados Blanky estão disponíveis para venda online em três versões (para uso individual, para casais e para crianças) e em pesos diferentes, entre os 4 e os 15 quilos, uma vez que o peso do mesmo deve ser 10% a 15% do peso do utilizador.