Portugal na Domotex

A decorrer desde sábado, dia 14, termina hoje em Hannover, na Alemanha, a principal feira mundial para tapeçaria e revestimentos de soalho, a Domotex Hannover. A edição de 2006 contará com a maior representação portuguesa desde o início deste certame em 1989. São 14 as empresas e instituições, e dos sectores abrangidos pelo certame destacam-se o dos pavimentos em matérias têxteis e em cortiça, ambos sectores com quatro expositores, nomeadamente a Lusolã, uma fiação localizada em Seia e fundada em 1985, a par dos sectores dos pavimentos em madeira e cerâmicos. Do total de expositores nacionais, oito estão integrados na participação colectiva da responsabilidade da Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal (AIMMP), que lidera um projecto conjunto da Fileira dos Materiais de Construção, em parceria com mais 4 associações sectoriais e o ICEP Portugal, no âmbito do PRIME. Promovidas, no âmbito do projecto sectorial referido, vai decorrer um ciclo de conferências dedicado ao tema “Materiais de Construção Portugueses”, terão lugar num espaço próprio integrado na “Visões para escritórios, hotéis e lojas”, uma das exposições patentes na Domotex, que é o ponto de encontro de arquitectos, designers de interiores e decoradores. Dedicado às mais recentes tendências no que diz respeito a tapetes e pavimentos e, numa área de exposições de 90.000m2, este certame contará com mais de 1.250 expositores provenientes de 57 países e cerca de 45.000 visitantes profissionais de todas as partes do mundo.