Portugal lidera na Roupa de Cama

Portugal foi, em 2001, o principal exportador de Roupa de Cama da UE, tendo sido responsável por 37,4% do total das transferências dos quinze. No ano anterior, os produtos nacionais já detinham esta posição de destaque, tendo-se reforçado em 0,5 p.p. As exportações nacionais totalizaram, em 2001, 401,1 milhões de euros, não registando alterações significativas face a 2000. A Balança Comercial atesta o carácter exportador de Portugal, uma vez que atingiu um saldo positivo de 393,8 milhões de euros. As exportações portuguesas de Roupa de Cama estão significativamente concentradas no mercado americano, já que este absorveu 42,2% do total exportado. Apesar desta preponderância das exportações com destino para os EUA, registou-se uma ligeira perda deste mercado e que se consubstanciou numa redução de 4,6 p.p. No que respeita às exportações por produtos, regista-se que as Outras roupas de cama, de algodão (NC – 630231) e Roupas de cama, de malha (NC – 630210) correspondem a 79,1% das exportações de Roupa de Cama. Esta evolução portuguesa dá-se num cenário em que as importações da UE totalizaram 1.710,2 milhões de euros em 2001, tendo crescido 1,2% face ao ano anterior. Alemanha e Reino Unido são os principais importadores, uma vez que absorvem, respectivamente, 26,5% e 20% das importações totais da UE. Os países que não integram o grupo dos quinze forneceram 67% da Roupa de Cama importada pela UE. O estudo completo encontra-se em www.portugaltextil.com