Portugal dá cor a Nova Iorque

Adalberto Estampados, Arco Têxteis, Tebe e Teviz são as empresas portuguesas expositoras na Première Vision New York – uma das mais reputadas feiras de tecidos nos EUA que decorre hoje e amanhã (12 e 13 de Janeiro) no Altman Building & Metropolitan Pavilion – e que contam com o apoio da Associação Selectiva Moda no âmbito do Qren. As empresas vão apresentar as colecções de tecidos para a estação quente de 2011, exibindo as primeiras tendências para a moda do próximo ano. Na Arco Têxteis, o destaque vai para a cor. «Esta colecção é mais colorida, com tecidos limpos, fundos claros, onde os laranjas e os verdes estão em destaque, assim como os quadrados, em termos de design», revela Carlos Bacelar, comercial da empresa. Com artigos onde os linhos, os cetins e o look vintage estão realçados, a empresa, que regressa a esta feira após dois anos de interregno, tem expectativas elevadas. «Estamos de volta porque a feira mostra-se mais eficaz actualmente, atraindo mais e melhores compradores. As expectativas são, por isso, boas e esperamos aumentar a nossa carteira de clientes», explica Carlos Bacelar. A Teviz, por seu lado, aposta na continuidade, marcando novamente presença na feira com uma colecção onde «o algodão orgânico, muito procurado pelos americanos, está em destaque», afirma Paulo Loureiro, director comercial da empresa. A empresa incide também nos «artigos moda, com a incorporação de elastano e com tecidos enrugados, sempre muito bem recebidos, onde os temas náuticos e os tons verdes e lilás serão realçados», prossegue. As perspectivas passam por «alargar a actual base de clientes, com novos contactos», acrescenta o director comercial da Teviz. Na última edição, em Julho de 2009, a versão americana da Première Vision, dedicada aos produtores de tecidos, acolheu cerca de 100 expositores e 3.000 visitantes internacionais, mantendo-se expectativas semelhantes para esta edição.