Portugal acolhe iniciativa social da Inditex

A primeira loja Zara Home com o conceito for&from – que tem como objetivo integrar pessoas com deficiência na sociedade e no mercado de trabalho – abriu no Freeport Lisboa Fashion Outlet, em Alcochete.

[©Inditex]

A loja tem mais de 150 metros quadrados de área útil para exposição e venda de coleções da Zara Home de estações anteriores. Os produtos são apresentados seguindo a lógica de uma casa real e dos seus diferentes espaços.

O efetivo desta loja Zara Home for&from é composto por 17 pessoas com diferentes tipos de deficiências físicas, sensoriais e intelectuais, que têm assim uma oportunidade de integração na sociedade e no mercado de trabalho.

A inauguração da Zara Home for&from no Freeport Lisboa Fashion Outlet faz de Portugal o terceiro país a acolher este formato de retalho – os outros dois são Espanha, com 14 lojas de diferentes insígnias do grupo Inditex, e Itália, com um ponto de venda com este conceito. Existem agora 16 lojas for&from que, entre elas, geraram oportunidades de emprego para mais de 750 pessoas com diferentes capacidades e mais de 8 milhões de euros de volume de negócios.

Após uma doação inicial da Inditex para a construção das lojas, o modelo torna-se autossuficiente graças à venda pelas instituições de caridade de produtos da temporada anterior a preços reduzidos.

Os lucros são reinvestidos nos projetos das diversas instituições parceiras da rede, neste caso, a Associação VilacomVida, uma associação sem fins lucrativos que tem como missão colocar a sociedade em contacto com pessoas com diferentes capacidades, criando condições para que jovens com algum tipo de deficiência, especialmente com deficiência intelectual, melhorem as suas perspetivas de emprego e encontrem o seu lugar na comunidade.

«Desde o início que nós, na Associação VilacomVida, trabalhamos para criar um futuro mais independente e feliz para jovens com diferentes capacidades. É uma honra fazer parte desta iniciativa que nos permite transformar a nossa visão em realidade», afirmam, em comunicado, Filipa Pinto Coelho e João Gomes da Silva, fundadores da VilacomVida.

«Estamos gratos ao Grupo Inditex por nos ter escolhido para formar os colaboradores desta nova loja Zara Home e introduzir o conceito for&from no mercado português. Esta parceria é um importante aval ao trabalho que estamos a fazer com estes jovens, nomeadamente em projetos como o Café Joyeux», acrescentam.

Tendo em conta que Portugal foi o primeiro país a receber uma loja da Inditex – no caso a loja da Zara na Rua de Santa Catarina, no Porto – o CEO do grupo acredita que «tínhamos a dívida» de trazer este conceito para o país. «A visão que temos na Inditex é que temos que levar a nossa ideia de beleza, qualidade, desenho para o maior número de pessoas possível. Nós falamos com sociedades cada vez mais diversas e mais inclusivas, por isso desenrolamos distintos projetos que têm como objetivo precisamente dar oportunidades de desenvolvimento profissional a pessoas que tenham algum tipo de incapacidade», realçou na inauguração da loja, acrescentando que este conceito é a prova de que «a excelência no serviço ao cliente, no funcionamento de uma loja, é perfeitamente compatível com o trabalho social de integração de pessoas com incapacidade. Não tenho qualquer dúvida que toda a equipa será um exemplo».