Polo Ralph Lauren optimista

A Polo Ralph Lauren anunciou em comunicado que prevê um crescimento agressivo do seu negócio durante o exercício fiscal de 2011. A razão para este optimismo baseia-se nos resultados líquidos do último trimestre de 2009, que mais que duplicaram. Suportada por um pacote financeiro e de investimento de 1.200 milhões de dólares, a empresa acelerou o seu plano de expansão focalizado em duas frentes, a presença internacional e a venda directa através de lojas próprias, como referiu Roger Farah, director de operações do gigante da moda americano, sem contudo avançar mais detalhes. Relativamente ao corrente ano, a Polo Ralph Lauren irá empregar cerca de metade do seu pacote de investimento na abertura de de 20 novas lojas próprias, incluindo uma megastore em Manhattan dedicada à comercialização de artigos de senhora e da linha casa e decoração da marca. Relativamente aos resultados líquidos do último trimestre, a Polo Ralph Lauren anunciou que os seus lucros líquidos atingiram os 114 milhões de dólares. Um resultado que quase duplicou as estimativas dos analistas e que foi duas vezes e meia superior aos 44 milhões de dólares registados no período homólogo do ano transacto. Em termos de volume de negócios global a empresa de moda americana registou um aumento de 9% no trimestre, para os mil 340 milhões de dólares. No respeitante às suas lojas próprias, o crescimento verificado foi de 31%, o que compensou em larga medida os 3% de queda registada nas vendas para as lojas multimarca e grandes armazéns. A facturação da rede de retalho própria da Ralph Lauren atingiu, assim, os 736 milhões de dólares no período. A empresa anunciou ainda que as vendas cresceram também nos seus outlets, no seu sítio de comércio electrónico e no Club Monaco. As receitas provenientes do licenciamento da marca mantiveram-se estáveis, em torno dos 47 milhões de dólares. No conjunto do ano fiscal terminado no passado dia 3 de Abril, a Polo Ralph Lauren atingiu os 480 milhões de dólares de lucro, um crescimento de cerca de 18% face ao ano anterior. Ao nível das receitas, estas foram de cerca de 5 mil milhões de dólares, o que representou uma redução de 20 milhões de dólares face ao ano anterior.