Parceria impulsiona poliéster reciclado

O produtor de poliéster virgem e reciclado Far Eastern Group investiu na empresa de reciclagem da fibra à fibra Circ para contribuir para a produção a grande escala de poliéster de elevada qualidade feito a partir de resíduos têxteis de poliéster/algodão.

[©Circ]

O Far Eastern Group acredita que a sua experiência em produção, combinada com a tecnologia de reciclagem têxtil da Circ, será capaz de fornecer uma alternativa de circuito fechado com circularidade em escala.

O grupo vai ajudar a Circ a enfrentar os desafios de aumentar a produção para responder à procura das grandes marcas de moda e dos seus clientes.

«É crucial que os líderes da cadeia de fornecimento de poliéster, como nós, deem o exemplo, estabelecendo uma base para modelos colaborativos. Estamos profundamente empenhados na economia circular e acreditamos que a reciclagem da fibra à fibra desempenhará um papel fundamental na descarbonização das matérias-primas», sustenta Juliana Pidner Hsu, diretora-geral do Drive Catalyst, o braço de capital de risco do Far Eastern Group.

Juliana Pidner Hsu destaca também que mudanças sistémicas significativas podem levar tempo e exigir colaboração, mas acredita que os materiais de elevada qualidade da Circ e o potencial de crescimento da sua tecnologia, combinados com a parceria do Far Eastern Group irão impulsioná-la para a expansão da circularidade.

«O financiamento é apenas um fator na introdução da inovação numa indústria tão antiga e estabelecida como a têxtil. Procuramos parceiros alinhados com a missão e com amplo conhecimento, porque nenhuma parte da indústria trabalha isolada», realça Peter Majeranowski, CEO da Circ.

O apoio do Far Eastern Group prova a integridade do poliéster Circ e permitirá a aceleração do poliéster feito a partir de resíduos têxteis reciclados, afirma Peter Majeranowski, ao mesmo tempo que desempenhará um papel fundamental numa altura em que a empresa trabalha para lançar sua primeira instalação comercial.

Tanto o Far Eastern Group como a Circ afirmaram que a integração dos monómeros recuperados da Circ a partir de resíduos têxteis reciclados na infraestrutura de produção do Far Eastern Group pode representar um avanço em direção a uma economia circular dentro da indústria têxtil.

Além disso, poderá reduzir a dependência de recursos virgens e minimizar o desperdício, desviando os têxteis em fim de vida dos aterros. A colaboração é uma prova do compromisso de ambas as empresas em promover mudanças positivas e satisfazer as exigências dos consumidores ambientalmente conscientes, sublinham.

A Circ, que afirma ser a única plataforma que separa com sucesso resíduos têxteis com misturados de poliéster e algodão e recupera fibras celulósicas e sintéticas, está à procura de parceiros que demonstrem qualidade nos produtos, reforcem a sua missão e abracem a mudança para uma indústria têxtil de ciclo fechado.