Os alvos da C&A

A C&A prevê investir aproximadamente 60 milhões de euros até 2012 em novas aberturas e reformas nas suas lojas localizadas em Espanha e Portugal. Só no primeiro semestre de 2010, a cadeia de moda de origem holandesa abriu três estabelecimentos em Espanha e um em Portugal mas, para 2011, prevê abrir oito novos pontos de venda, sete em Espanha e um em Portugal, aos quais se vão somar mais 13 aberturas até 2012, em ambos os mercados. «Acreditamos que o desenvolvimento da C&A no último semestre é muito positivo face ao mercado», referiu a empresa em comunicado de imprensa, acrescentando ainda que no seu exercício fiscal de 2009, esta aumentou a sua quota de mercado em Espanha de 1,8% para 1,9%, enquanto em Portugal passou de 4,1% para 4,3%. No entanto, o resultado anual caiu 2,6% na Península Ibérica, para os 556 milhões de euros. Fundada há mais de 150 anos, a C&A conta actualmente com uma rede de 1.192 lojas espalhadas por todo o mundo e emprega mais de 34.000 pessoas. De igual forma, a empresa aposta no dinamismo e numa crescente atenção às necessidades dos seus clientes. «Colocamos sempre o cliente em primeiro lugar, procurando oferecer-lhe moda de boa qualidade a preços acessíveis, através de um vasto leque de artigos a fim de atender as muitas necessidades e os diferentes gostos dos clientes. Ao fazê-lo, comprometemo-nos com uma ética muito simples: contribuir para o bem-estar dos nossos clientes, do nosso pessoal e dos nossos fornecedores e colaboradores, adoptando normas de conduta que respeitem o interesse tanto individual como colectivo», concluiu a marca em comunicado.