Operação sedução na Argentina

É uma estreia absoluta para as seis empresas portuguesas, que estão presentes nesta feira no Centro Costa Salguero, em Buenos Aires, com o apoio da Associação Selectiva Moda e do Qren. Mas, apesar de ser uma primeira participação, os expositores portugueses mostram-se confiantes para a Emitex. Na feira têxtil de Buenos Aires, na Argentina, a A Fiandeira by Living Colours dará destaque os seus tecidos para fatos em poliéster/lã com acabamento Easy Care e acalenta boas perspectivas para a sua colecção. «A Emitex, é uma feira em crescimento, com cerca de 10.000 visitas oriundas da Argentina e de outros mercados vizinhos», afirma Hugo Azevedo. «A Living Colours está neste momento numa fase de expansão para novos mercados onde ainda não actua. Um deles é o sul-americano. A indústria têxtil argentina tem crescido bastante nos últimos 10 anos e queremos aprofundar o conhecimento deste mercado», acrescenta o responsável comercial da empresa. Já a Arco Têxteis leva na bagagem uma colecção de tecidos de alta qualidade, clássicos e de moda, para camisaria e blusas, tintos em fio e em peça, onde predomina o 100% algodão e misturas com outras fibras. «Fizemos uma prospecção do mercado e verificamos que existem boas perspectivas, pelo que decidimos explorar este mercado», revela Manuel Rodrigues, comercial da Arco Têxteis. Quanto à Lurdes Sampaio, quer «testar a nossa colecção num mercado novo fora da Europa», explica Conceição Sá, directora-geral da empresa. Na feira argentina a empresa especialista em malhas vai expor gramagens finas e opacas em 100% Tencel, algodão/caxemira, linho ou cupro. A ideia geral é «saber até que ponto é que temos mercado na Argentina e para que tipo de artigos», salienta Conceição Sá. Por seu lado, a Fitor pretende com esta primeira incursão na Emitex «expandir o nosso negócio e dar a conhecer o nome Fitor e os nossos produtos neste mercado», refere Alexandre Quintãos. «Apesar de já estarmos a vender para diversos países da América Latina, ainda não conseguimos realizar vendas na Argentina. Existem alguns factores que estamos a tentar ultrapassar como a distância e o nível de preços praticados, mas até ao momento ainda não foi possível», prossegue o responsável comercial da empresa especializada em fiação. Algo que poderá ser ultrapassado com esta presença na Emitex, embora as «expectativas sejam comedidas e controladas porque não é um mercado fácil. Mas a nossa estratégia passa sempre por diversificar o risco e os mercados», explica Quintãos. A Gierlings Velpor aposta nos seus veludos e peles artificiais para conquistar o país do tango, enquanto que a Fernando Valente privilegia as malhas para desporto e banho, assim como novas malhas leves para lingerie, em microfibra e elastano, e ainda malhas sandwich, com espuma. A Emitex é uma das principais feiras argentinas dedicada ao sector têxtil, realizando-se em conjunto com a Confemaq e a Simatex. Na última edição, os três eventos atraíram cerca de 16.000 visitantes.