Nova era no Fashion Rio

Na sua 15ª edição, e a primeira sob a coordenação da InBrands e de Paulo Borges, o Fashion Rio apresenta 40 colecções para a estação Primavera-Verão 2009/2010. As novas salas dos desfiles, no Cais do Porto, em substituição da tradicional Marina da Glória, possuem 600, 700 e mil lugares respectivamente e ficam situadas numa área de aproximadamente 1 km de extensão. Maria Bonita Extra – que abre a programação –, Lenny, Cantão e Redley – que encerra o evento – são alguns dos nomes de destaque que fazem parte do calendário oficial do evento, que tem início hoje e termina na Quarta-feira, dia 10 de Junho. Entre as desistências de última hora, encontra-se a marca Francisca que foi substituída pela Auslander. Claudia Simões, que faz parte dos nomes de destaque do calendário oficial do Fashion Rio pela segunda vez consecutiva, adiantou alguma informação sobre a sua colecção para a próxima estação quente. Inspirei-me na Amazónia e num estilo safari, mas sempre chique e glamouroso, onde podem ser visualizadas influências dos anos 80, em modelagens de formas orgânicas, menos rígidas, focando a nova alfaiataria», salientou a estilista. Por outro lado, a marca infantil feminina Lilica Ripilica também apresentará a sua colecção na nova passarelle do Fashion Rio. O desfile – que contará com a presença de pequenas celebridades televisivas – denomina-se Lovely Friends e apresenta-se repleto de influências étnicas, flores estilizadas, riscas e pontos luminosos. As silhuetas são sinuosas, representando os movimentos de uma fita ao vento», salienta a marca em comunicado, antecipando assim a sua mostra que terá lugar no Sábado, às 14h30. Em relação aos desfiles de novos talentos, enquadrados no prémio Rio Moda Hype, actualmente na sua 11ª edição, incluem criações de 12 estilistas. Esta edição de apresentação de jovens talentos conta ainda com a apresentação de bandas e colectivos de arte, proporcionando assim uma verdadeira convergência urbana. Uma parceria entre o Instituto Brasileiro de Cultura Moda e Design e o Sebra, que viabilizou o patrocínio do projecto. Esta será a primeira vez que o Fashion Rio não tem um tema específico. Algo que acontece devido às recentes mudanças a que o certame esteve sujeito. Deste modo, o evento fará apenas algumas referências à França, país que este ano está a ser homenageado no Brasil.