No centro da casa

é a casa o tema central da próxima edição do Fórum Têxteis do Futuro. Nos próximos dias 30 de Setembro e 1 de Outubro, o Citeve, em parceria com o Modtissimo, reúne na Alfândega do Porto os mais reputados players do sector. Desta vez, a iniciativa pretende sensibilizar arquitectos, designers e chamar a atenção de todos os interessados nas questões estruturais e de funcionamento dos espaços públicos e das soluções sociais, mas também nos espaços privados, de forma a que possam encontrar nos materiais têxteis matéria para trabalhar em diversos planos de criatividade. «O objectivo desta edição do Fórum Têxteis do Futuro é fazer a ponte entre a indústria têxtil e os principais agentes envolvidos no design de espaços, do mobiliário e das temáticas da sustentabilidade da construção. Interessa por isso atrair arquitectos, designers e outros agentes relevantes, com projectos e expositores que confiram ao certame o carácter de Fórum sobre o Habitat», explica Fernando Merino, director do Departamento Têxteis do Futuro do Citeve. Para além das soluções Habitat, desenvolvidas pelo Citeve em parceria com empresas nacionais, o centro tecnológico português vai também apresentar comunicações sobre os grandes objectivos dos projectos Fibnatex, que visa a valorização de fibras de cânhamo para a produção de têxteis técnicos, e Wall-It, que vai desenvolver produtos de base têxtil, conjugados com outros materiais de alto conteúdo tecnológico, para remodelação e/ou reabilitação de edifícios. O FTF será ainda o local de apresentação do projecto Medir Portugal, uma iniciativa do Citeve e da ATP que pretende desenvolver um estudo antropométrico da população portuguesa utilizando o “body scanning”, uma tecnologia que também estará presente no FTF. No total estarão presentes 23 entidades neste espaço: Alta Visibilidade, Artefita, Associação para o Desenvolvimento da Casa do Futuro – projecto Inova Domus, Biodevices, CeNTI, Coltec, ERT, Fall Safe, Fisipe, Fitexar, Foot By Foot, Gulbena, Ibérica Feltros, Invescorte, J. Baptista, Lectra Portugal, Logic, Messe Frankfurt, Messe München, Plataforma para a Construção Sustentável – Rede para o Cluster Habitat, Portutex, Soc. Têxtil Manuel Rodrigues Tavares e Tearfil. Lado a lado com o Fórum Têxteis do Futuro, haverá também no Modtissimo diversas acções paralelas, como o seminário “Clusters Regionais da Indústria da Moda: Cooperação ou Competição?” (ver Clusters (re)unidos), o seminário “Direito da Moda” e o espaço Mundo da Criança (ver A construir o futuro).