Nike e Apple inventam sapatilhas iPod

Nova Iorque foi o palco escolhido para a première, no passado dia 23 de Maio, das primeiras sapatilhas de corrida iPod- Nike + iPod -, fruto da parceria entre o gigante desportivo americano Nike e do seu patrício Apple Computer. Segundo os parceiros, a tecnologia associada consiste num sistema sem fios que permite que as sapatilhas Nike+ Air Zoom Moire, com um sensor integrado colocado no seu interior, comuniquem com o iPod Nano da Apple, por intermédio de um pequeno receptor acoplado ao sistema. «É como ter um treinador pessoal que nos motiva em cada exercício», afirma peremptoriamente Steve Jobs, presidente da Apple. Ao que o presidente da Nike, Mark Parker, acrescenta «Nike + iPod vai mudar a forma de correr das pessoas». Em particular, este kit proporciona informação sobre o tempo, distância, calorias queimadas e ritmo, que pode ser armazenada no iPod e apresentada no ecrã do Nano ou escutada através de auscultadores, tudo em tempo real e sempre ao som da música preferida, inclusive uma que ajude a melhorar a performance desportiva. Deste modo, a Nike+ Air Zoom Moire é a primeira sapatilha a “falar” com um iPod, mas a marca desportiva não pretende ficar por aqui, ambicionando alargar rapidamente o projecto aos seus outros estilos de calçado desportivo Nike+. Além disso, planeia também o desenvolvimento de uma linha de vestuário com o mesmo espírito, incluindo blusões com bolsos iPod à prova de água, entre outros artigos. Os primeiros afortunados a estrearem a nova invenção logo aquando do seu lançamento oficial foram o sete vezes campeão do Tour de França Lance Armstrong e a recordista mundial de maratona Paula Radcliffe. «Utilizo a música sob duas formas: uma mais ritmada quando quero dar o melhor de mim num treino ou uma mais relaxada para me concentrar antes de uma prova importante», revela Radcliffe. Por seu lado Armstrong, que está a preparar a sua primeira participação na Maratona de Nova Iorque, afirma que «o facto de incorporar o tempo, a distância e as calorias queimadas numa informação global, e torná-la função quer do corredor amador quer do atleta de alto nível, elevará a prática de exercício para um outro patamar». O kit Nike + iPod, que deverá chegar às lojas dentro de sensivelmente dois meses, custará cerca de 23 euros. Claro que a este valor há que adicionar os preços das sapatilhas Air Zoom Moire (100 euros) e do iPod Nano (120 euros). Para maximizar a experiência, a Nike decidiu criar a nova secção Nike Sport Music no iTunes Music Stores e o novo site o nikeplus.com. Com esta parceria, a Nike espera encontrar um sucesso que não foi possível com a Philips. Em 2002, a Nike e a empresa holandesa desenvolveram conjuntamente um leitor de música digital portátil que ?lia? o tempo e a distância. Segundo a marca americana, o projecto falhou por causa das diferenças nos seus consumidores alvo. Hoje, a Nike procura realçar as suas similitudes com a Apple, descrevendo ambas como «marcas globais, icónicas, com uma paixão comum pela criação de produtos de consumo admiráveis através do design e da inovação. Se a Nike estava à procura de um líder de mercado, então a Apple preenche o requisito. A especialista em informática está efectivamente a revolucionar a música digital com os seus leitores áudio portáteis iPod e a sua loja de música on-line iTunes já vendeu mais de 50 milhões de iPods, e controla 77% do mercado americano dos leitores áudio portáteis. Agora, se isso vai servir ou não para vender mais sapatilhas, só o tempo o dirá.