Next satisfeita com o aumento das vendas e dos lucros

A terceira maior cadeia britânica de vestuário Next viu os seus lucros crescerem 24% para 145 milhões de euros na primeira metade de 2002. As vendas aumentaram 7%, de 1.148 milhões de euros no primeiro semestre de 2001 para 1.386 milhões de euros. A empresa sediada em Leicester, que opera em 332 lojas no Reino Unido e com VPC, adiantou que ambas as divisões tiveram um bom crescimento, com as vendas nas lojas Next a aumentarem 17%, para 1.043 milhões de euros. Nas lojas abertas há pelo menos um ano o aumento das vendas foi de 7%. A Next Directory, viu o seu volume de negócios aumentar 32%, para 342,51 milhões de euros, tendo os lucros crescido 39% nesta divisão. As vendas na internet somaram 14% das encomendas feitas pelos clientes da Next Diectory, um aumento de 4% em comparação com o mesmo período de 2001. O presidente da empresa David Jones adiantou que as colecções de mulher, homem e criança alcançaram um “crescimento sólido” e que as vendas dos produtos para casa mostraram um crescimento excepcional, depois da empresa ter aumentado o tamanho desta divisão nas lojas e colocado mais colecções. “Acreditamos que estas áreas-chave vão continuar a assegurar grande parte do nosso crescimento nos próximos anos”, adiantou Jones. A empresa aumentou o espaço de venda em 8,730 m2 no primeiro de trimestre de 2002 e até 2003 espera crescer ainda cerca de 23,225m2.