Moscovo na rota nacional

Tecidos 100% lã para fatos que se podem lavar no duche, misturas de algodão orgânico, bambu ou poliéster reciclado, designs clean e fantasia minimal são algumas das propostas das empresas portuguesas que marcarão presença na Première Vision Moscou, a decorrer nos próximos dias 11 e 12 de Março. Numa iniciativa da Associação Selectiva Moda, no âmbito de candidatura ao QREN, o grupo Paulo de Oliveira, com as empresas Paulo de Oliveira, A Penteadora e Tessimax, e a A Fiandeira by Living Colours viajam até à capital russa, procurando assim prolongar o sucesso alcançado na Première Vision Pluriel em Paris. Em destaque estará o tecido 100% lã para fato lavável no chuveiro (Shower Clean Suit) da Paulo de Oliveira, uma inovação conseguida através de acabamentos especiais que incorporam propriedades anti-ruga, anti-encolhimento, vinco permanente, repelência à sujidade e secagem rápida. O design está também em evidência nas riscas, xadrezes e cores trendy, ilustrado nas novas propostas da A Penteadora e da Tessimax. Já a Fiandeira by Living Colours adoptou a bio-atitude e oferece originais misturas com algodão orgânico, bambu e poliéster reciclado. A última edição da Première Vision Moscou, que decorreu nos dias 1 e 2 de Outubro do ano passado, acolheu mais de 100 expositores de 13 países, e cerca de 1.200 profissionais. Para esta edição, são esperados números semelhantes, com expositores provenientes de França, Itália, Espanha, Turquia, Alemanha e Portugal, entre outros. Com a importância crescente dos mercados emergentes, a indústria têxtil nacional está investir fortemente, procurando aproveitar as oportunidades geradas pelo mercado russo, considerado como um dos mais promissores. A Rússia é, com efeito, apontada como um mercado em franco crescimento, com destaque para a região de Moscovo, embora outros centros estejam a mostrar algum dinamismo, como é o caso de São Petersburgo, Nijni, Novgorod e Rostov-on-the-Don.