Milano Unica optimista

A 10.ª edição da Milano Unica – que agrega os certames Ideacomo, Ideabiella, Moda In e Shirt Avenue – fechou as portas no dia 18 de Fevereiro com uma tónica positiva. Durante os três dias, acorreram ao Portello, em Milão, 12.500 profissionais italianos mas também delegações de compradores do Japão, Alemanha, Grã-Bretanha e EUA para conhecerem os tecidos que irão desenhar a moda da Primavera-Verão 2011. «A julgar pelo número de visitantes e pelas encomendas efectuadas, verificamos importantes sinais para a qualidade dos têxteis italianos e europeus, após um dramático 2009. Registamos um considerável regresso de compradores, sobretudo do norte da Europa», afirmou Pier Luigi Loro Piana, presidente da Milano Unica e da Ideabiella.    De Portugal estiveram presentes a Albano Morgado, Arco Têxteis, Lemar, Paulo de Oliveira, Penteadora, Somelos, Tessimax, Texwool e TMG com o apoio da Associação Selectiva Moda e do Qren, e ainda a Gierlings Velpor e a LMA. Repetente nesta feira há vários anos, até porque Itália é um dos seus principais mercados, a Lemar voltou novamente satisfeita com a sua participação. «Correu muito bem. Esta feira está cada vez mais local, mas como temos em Itália um mercado muito forte, os resultados foram muito positivos», revelou Fátima Silva, assistente de direcção. «Aliás, esta edição foi muito além das nossas expectativas, pois como a Première Vision decorreu primeiro, pensamos que alguns clientes não iriam à Milano Unica. Mas o que aconteceu foi que os italianos acabaram por não ir tanto à PV e preferiram esperar pela Milano Unica», prosseguiu. A Lemar, que atraiu muitos clientes graças à sua nova colecção de banho, «onde somos muito fortes», voltou a Portugal com ainda mais um motivo de regozijo: «dos clientes que nos visitaram, 50% eram novos», sublinhou Fátima Silva. Apesar de esta ser uma edição menos favorável do que a de Setembro, uma vez que foi dedicada à estação quente, a Albano Morgano considera positivo o balanço desta participação. «Esta estação é difícil para nós, pelo que a Milano Unica acabou por decorrer de forma aceitável, de acordo com as expectativas», revelou Baltazar Lopes, director comercial da empresa. Ainda assim, a Albano Morgado recebeu várias visitas, onde «a nossa linha eco-life, de produtos naturais e ecológicos, que não usam químicos na produção, e as misturas algodão/lã e linhos frescos» foram os mais procurados. A Milano Unica regressa à capital italiana da moda no próximo mês de Setembro, entre os dias 8 e 10, para mostrar as novas colecções para o Outono-Inverno 2011/2012.