Mango planeia atingir as 1.600 lojas em cinco anos

A Mango espera abrir 300 lojas até 2008, sendo que a cadeia de vestuário feminino continua a fazer aumentar o seu negócio em todo o mundo, referiu ao Just-stylea directora de expansão para a Europa Central e de Leste, Aniko Kostyal. Anteriormente, a Mango tinha previsto abrir este ano cerca de 100 lojas.Mas na realidade,a empresa vai abrir 130 em 2006, e ainda mais em 2007, altura em que pretende entrar em novos mercados, especialmente China e Rússia, afirmou Kostyal. A Mango prevê atingir as 1550 lojas em cinco anos, mas o plano (baseado nas 130 aberturas por ano) é uma estimativa mais a longo-prazo e poderá mudar no futuro, previne Kostyal. Aniko Kostyal acrescentou que a Mango vai continuar a abrir a maior parte de novos outlets através de acordos de franchising. No entanto, a Mango espera que a sua primeira loja nos Estados Unidos abra as suas portas no terceiro trimestre do ano, revelou Kostyal. O outlet será «o lançamento internacional chave deste ano» e estará situado num centro comercial fora de Los Angeles, referiu Kostyal. Em relação aos resultados relativos a este ano fiscal, Kostyal afirmou que a Mango prepara-se para, no mínimo, igualar os 1,14 mil milhões de euros registados nas vendas no ano passado.Actualmente, a Mango possui 899 lojas.