Mais homem na H&M

Cada vez mais uma opção de compra em Portugal, a H&M – Hennes & Mauritz – apresenta colecções mais completas, como a última para homem. Para além dos imprescindíveis fatos, camisas e gravatas, como também camisolas, pólos, sobretudos, blazers e calças, a H&M oferece agora uma linha de artigos mais clássicos actualizados para satisfazer as exigências do homem mais elegante e preocupado com a imagem. De acordo com Margareta van den Bosch, directora de design da H&M «a maioria dos homens combina o seu guarda-roupa de trabalho com peças mais casuais. Portanto, as calças de ganga, as t-shirts e peças mais desportivas são indispensáveis na nossa linha clássica masculina. Esta colecção, tal como todas as outras criadas pela H&M, permite criar um estilo próprio e neste caso, vestir com uma elegância clássica embora actual». O corte de alfaiate e as peças de algodão e linho são algumas das novidades da H&M para esta estação. Os casacos à marinheiro e os sobretudos de algodão completam o look. As cores são frescas e claras, com as cores estivais conjugadas com castanhos, beges e camel. A colecção de fatos para homem está apenas disponível na loja H&M do Grandella. De referir que no próximo dia 22 de Março, a H&M vai abrir a sua oitava loja em Portugal, desta vez no Seixal. Situada no Rio Sul Shopping, a nova loja terá uma área de 1700 metros quadrados, apresnetando as colecções para senhora, homem, criança, lingerie e acessórios. Lex Keijser, director-geral para Portugal e Espanha, afirma estar «muito contente com a extensão deste centro comercial e graças à mesma, foi possível estar presente na zona do Seixal». No final do ano passado, a H&M atingiu uma facturação em Portugal de 33.250.000 euros, sendo que o total do grupo situou-se nos7.907.460.000 euros. Para este ano fiscal, o grupo sueco pretende abrir mais 150 novas lojas, a maioria das quais deverão ser abertas em Espanha, Estados Unidos da América, Alemanha, Reino Unido, França e Canadá. De salientar, também, o facto da H&M ter assinado um acordo com a M.H. Alshaya Co. para estabelecer um franchising no Médio Oriente, estando previstas as primeiras lojas para o Kuwait e Dubai ainda durante 2006. A Eslováquia vai também receber a sua primeira loja H&M, mas só na Primavera do próximo ano.