Lucros da Adidas crescem

O presidente da gigante alemã de desporto Adidas, Herbert Hainer, apresentou na passada quarta-feira a confirmação dos dados que apontavam para o crescimento de dois dígitos nas vendas e nos lucros a médio prazo. Hainer adiantou que os planos da sua empresa eram muito “agressivos” com alvos “realistas” e acrescentou que espera um aumento de um dígito nas vendas totais anuais nos próximos três a cinco anos. O presidente reforçou anteriores previsões de crescimento nas vendas deste ano fiscal e nos lucros, onde se espera um aumento entre 5% a 10%, apesar das recentes inundações na Alemanha e tendo em conta as condições comerciais na Ásia e Estados Unidos. Também na quarta-feira passada, o director de marketing da empresa, Erich Stamminger, adiantou que espera que os consumidores americanos se apoderem da sua gama de sapatos sports premium, apesar do seu preço de aproximadamente 100 euros. A Adidas anunciou também a abertura de uma nova divisão de desporto com a qual pretende fazer frente às rivais Nike e Puma no lucrativo mercado de streetwear. Liderada pelo designer japonês Yoji Yamamoto, a nova divisão de Sport Style irá produzir sapatos, roupas e acessórios para homem e mulher com idades compreendidas entre os 25 e os 35 anos, com as primeiras colecções a chegar às prateleiras na Primavera ou Verão do próximo ano.