Loop faz parceria para reciclar na Índia

A empresa canadiana, que desenvolveu uma tecnologia de reciclagem química pensada para resíduos de baixa qualidade, assinou um acordo de joint-venture com a produtora de polímeros Ester Industries para uma nova unidade de produção na Índia.

[©Loop Industries]

A construção da unidade, que produzirá as matérias-primas de poliéster rDMT (tereftalato de dimetila reciclado) e rMEG (monoetilenoglicol reciclado), bem como polímeros especiais a partir de resíduos, implicará um investimento de 165 milhões dólares e deverá estar concluída no final de 2026, com as operações a iniciarem-se em 2027.

O tamanho do mercado mundial de químicos DMT e MEG está estimado em 28 mil milhões de dólares e deverá crescer a uma taxa anual composta de 3,7% até 2033, refere a Loop Industries. O mercado está atualmente a sentir uma escassez global de DMT devido aos recentes encerramentos de fábricas na Europa e o DMT e MEG de baixo carbono são muito procurados, indica, mas as opções de mercado são limitadas e dispendiosas. Espera-se que a instalação da Infinite Loop na Índia produza 70 mil toneladas de rDMT e 23 mil toneladas de rMEG anualmente e a Ester converterá o rDMT e o rMEG em vários tipos de polímeros especiais.

A instalação planeada na Índia pode reduzir as emissões de carbono até 70% em comparação com o DMT e o MEG virgem, produzido a partir de combustíveis fósseis, podendo fornecer às empresas «uma alternativa circular que as ajuda a atingir os seus objetivos de sustentabilidade», sublinha.

«A nossa parceria com a Ester reflete um alinhamento estratégico construído sobre os nossos valores partilhados de sustentabilidade e inovação e combina as áreas de especialização de ambas as empresas. O mercado de especialidades químicas oferece uma oportunidade única para expandir o alcance da nossa tecnologia Infinite Loop além das fibras de PET (politereftalato de etileno) e poliéster e oferece aos nossos clientes uma vantagem vinculada à sustentabilidade no mercado de especialidades químicas. A procura dos clientes por rDMT, rMEG e polímeros especiais produzidos usando a nossa tecnologia é robusta devido às opções viáveis ​​muito limitadas disponíveis atualmente no mercado», afirma Daniel Solomita, CEO e fundador da Loop.

[©Loop Industries]
«A unidade da Infinite Loop India representa uma grande oportunidade para a Loop fazer parte da economia que mais cresce no mundo e capitalizar a operação num ambiente de produção de baixo custo. Vemos a Índia e esta parceria com a Ester como uma tremenda oportunidade de crescimento para a expansão no futuro», conclui.

A tecnologia Infinite Loop faz a despolimerização de plástico PET e fibra de poliéster de baixo valor, incluindo garrafas e embalagens de plástico, alcatifas e têxteis de qualquer cor e em qualquer condição, incluindo plásticos recolhidos no oceano e degradados pela água salgada e o sol, transformando-os em monómeros que são filtrados, purificados e polimerizados para criar resina PET de qualidade virgem que pode ser usada em embalagens de alimentos e fibra de poliéster.