Lenzing desenvolve novo processo para o Tencel

A empresa austríaca anunciou o desenvolvimento de um novo método, que usa um pré-tratamento aplicado sobre os fios, para fazer tecidos com liocel que apresentam propriedades de elasticidade e recuperação excecionais.

[©Lenzing AG]

O novo processo de produção de liocel envolve um pré-tratamento em húmido no qual as fibras incham significativamente em diâmetro, levando ao aumento das ondulações do fio na direção da largura do tecido. Os tecidos revelaram melhores características ao nível da elasticidade e recuperação, não enrugam e mantêm uma aparência suave mesmo após a lavagem.

Como tal, o processo oferece uma alternativa sem recurso a fibras sintéticas para tecidos com elasticidade.

«A nossa inovação técnica desbloqueia o potencial inerente das fibras de liocel Tencel para produzir tecidos com elasticidade que se movem em harmonia com o corpo», explica Rex Mok, vice-presidente de marketing e desenvolvimento de fibras técnicas na Lenzing.

«Estamos empenhados em albergar práticas de produção responsáveis através de inovações no sector têxtil e estamos muito contentes por partilhar este mais recente desenvolvimento com os nossos parceiros de tecelagem. Juntos, estamos a avançar significativamente para a redução do uso de materiais de base fóssil dentro da cadeia de valor têxtil, ao mesmo tempo que asseguramos o conforto e a performance do material», acrescenta.

[©Lenzing Fibers (HK) Limited]
A Lenzing está a dar apoio ao nível do desenvolvimento de tecidos junto das tecelagens parceiras e sustenta que os tecidos com elasticidade feitos com fibras de Tencel respondem aos padrões internacionais para propriedades de elasticidade e recuperação. A colaboração com a Lenzing vai permitir, segundo a empresa austríaca, que as tecelagens e as marcas desbloqueiem possibilidades ilimitadas de design, ao mesmo tempo que respondem à crescente procura por vestuário confortável produzido de forma responsável, especialmente em sectores como sportswear, athleisure, loungewear e têxteis-lar.

As fibras de liocel da Lenzing, vendidas sob a marca Tencel, são derivadas de fontes de madeira controladas ou certificadas num processo de produção de ciclo fechado e com poupança de recursos, aponta a Lenzing. São ainda identificáveis em produtos finais e rastreáveis até à fonte, assegurando uma maior responsabilização e transparência na cadeia de aprovisionamento.