Laura Ashley encerra mais 35 lojas

Depois de ter anunciado há cerca de dois meses o encerramento de 11 lojas deficitárias, o grupo britânico de vestuário e decoração Laura Ashley vai mais longe, revelando que se prepara para fechar mais 35 lojas situadas na Europa continental. Este plano prevê uma retirada total da Alemanha, onde a empresa ainda detém 18 lojas, e o fecho de nove estabelecimentos em França, cuja localização não foi ainda revelada. Estas medidas drásticas surgem na sequência dos resultados decepcionantes da Laura Ashley, em especial fora do Reino Unido. Apesar de ter registado uma subida de 6% nos produtos de decoração e de 3% na roupa de senhora no segundo semestre de 2002, a empresa comunicou recentemente que as suas vendas na Europa continuaram a descer no mesmo período. Segundo um especialista da corretora Seymour Pierce, a Laura Ashley deverá registar perdas na ordem dos 2,4 milhões de euros em 2002, prevendo no entanto lucros de 5,5 milhões de euros em 2003, facto que constituiria uma novidade desde o ano de 1997. O custo total desta reestruturação deverá ultrapassar os 12 milhões de euros, ficando a Laura Ashley representada, em termos europeus, apenas em França, Bélgica, Holanda, Áustria, Suíça e Itália.