La Senza promete expansão agressiva

A retalhista de lingerie La Senza promete apostar numa expansão mais agressiva após prever resultados recorde para o ano fiscal de 2006. Os lucros líquidos para o ano terminado a 28 de Janeiro de 2006 situaram-se nos 15,2 milhões de dólares, em comparação com os 81 mil registados no ano fiscal de 2005. As vendas para o ano aumentaram 15,8 por cento, com o quarto trimestre a mostrar um aumento de 15,5 por cento para 133,4 milhões de dólares. As vendas nas lojas comparáveis aumentaram 8,2 por cento para o ano, e 6,8 por cento para o quarto trimestre. Os número seguem a desistência da empresa da sua entrada no mercado americano, encerrando cinco lojas em 2005 após terem registado vendas bastante desapontantes. «O nosso foco estratégico na marca La Senza nas nossas operações de licenciamento canadianas e internacionais pagam bastante bem», afirmou o presidente e director-executivo Irving Teitelbaum. «Ambos La Senza Girl e a nossa divisão de e-commerce tornaram-se rentáveis durante o ano, e a La Senza International registou uma performance bastante forte», referiu.Teitelbaum acrescentou ainda que o grupo poderá renovar e converter as suas lojas Silk& Satin em La Senza Express. «O nosso nível agressivo de crescimento vai continuar no presente ano, para além do fortalecimento proeminente da nossa marca», concluiu.