La Seda quer comprar Advansa

A La Seda de Barcelona, empresa espanhola controlada pelos portugueses da Selenis, vai avançar com a aquisição da turca Advansa, por um total de 300 milhões de euros, noticia o jornal espanhol “Expansión”. Caso o negócio se concretize, a La Seda passa a ser líder de mercado do polietilenotereftalato (PET). A Selenis é uma «holding» do grupo português Imatosgil que é o maior accionista da La Seda de Barcelona (ver noticia do Portugal Têxtil). A operação será financiada com um aumento da capital de 418 milhões de euros e a La Seda passará a facturar mais de mil milhões de euros após a concretização deste negócio. De acordo com o mesmo jornal, é o Banco Espírito Santo Investment que está a analisar a operação. Citando fonte do banco de investimento do BES, o «Expansión» refere que a Advansa está valorizada em 370 milhões de euros. A ex-DuPontSA, antes detida equitativamente pelo grupo americano DuPont e a sociedade turca Sabanci, foi adquirida na sua totalidade por esta última no final de 2004 (ver notícia do PT), que entretanto a rebaptizou de Advansa. A especialista em poliéster, que possui um vasto leque de marcas (Aérelle, Hollofil, Quallofil, Comforel, Coolmax) para as suas diferentes fibras de enchimento, apresenta um efectivo superior a 3.000 pessoas e realizou um volume de negócios de 750 milhões de euros em 2004.