ITV galega em alta

As vendas de têxteis galegos para países estrangeiros registaram, entre Janeiro e Maio deste ano, uma variação homóloga positiva de uns impressionantes 66%. Esta melhoria notável foi registada por um estudo efectuado pela Confederação das Indústrias Têxteis da Galiza. O estudo inclui também uma comparação da performance galega relativamente a outras regiões espanholas, sublinhado dessa forma a crescente liderança galega como a região mais importante no panorama da moda espanhola. Apesar destes resultados, a associação representante dos interesses da têxtil galega adverte para a necessidade de prudência na análise deste crescimento, visto o estudo ter revelado, após análise de diferentes variáveis e de diferentes tipologias de empresas, realidades bastante distintas entre o tecido empresarial têxtil daquela região. Ainda assim, é assinalado pelos responsáveis do estudo que o crescimento de 66% das exportações galegas compara com apenas 17,8% da Catalunha e a descida das exportações nas regiões de Madrid e de Aragão. A evolução imparável das exportações da Indústria Têxtil e do Vestuário (ITV) galega é originada, em grande parte, pelas empresas que se verticalizaram rumo ao retalho e à distribuição de moda, onde pontifica o grupo Inditex. O líder mundial do sector, com sede em Arteixo, na Corunha, contribui de forma considerável para este valor com a sua forte política de expansão internacional, que o tem levado a um aumento considerável dos pontos de venda fora de Espanha. O crescimento agora anunciado pressupõe a recuperação do sector nesta região espanhola, cujas exportações tinham caído quase 30% em termos homólogos entre Janeiro e Maio de 2007. Um percalço rapidamente sanado no percurso de crescimento que tem vindo a ser trilhado pela ITV galega ao longo das duas últimas décadas.