Interselèction encerra com balanço positivo

A Intersélection, feira internacional de moda e tendências que se realizou no Parc de Paris Nord-Villepinte, de 14 a 16 de Maio, encerrou com um balanço positivo. Segundo dados oficiais da organização deste salão, o mesmo acolheu 8.349 visitantes, dos quais 2.550 foram estrangeiros, o que constituiu um aumento de 14% no número total de visitantes, relativamente à edição de Maio de 2001. Os 2.550 visitantes internacionais da Intersélection distribuíram-se da forma que é apresentada de seguida. Assim, a Europa do Norte esteve muito presente nesta feira, como o demonstram os visitantes dos seguintes países: Bélgica com 816 visitantes (32% do total), Alemanha com 255 (10%), Países-Baixos com 204 visitas (8%) e Grã-Bretanha com 102 presenças (4%). Quanto à Europa do Sul, representou 28% dos visitantes internacionais da Intersélection dos quais: Espanha 510 20%, Itália 230 9%, Portugal 204 7% Os restantes 24% de visitantes estrangeiros da Intersélection foram provenientes de países como Tunísia, Marrocos, Turquia, Grécia, Chipre, China, Coreia do Sul, Tailândia, Estados Unidos e Canadá. Os visitantes franceses estiveram igualmente presentes em força nesta edição da Intersélection, através das empresas de VPC (vendas por catálogo), como 3 Suisses, Blanche Porte, La Redoute e Quelle, das cadeias de lojas, como Alain Manoukian, C&A, Caroll, Devernois, Kookaï, Promod e Tie Rack, e ainda dos grandes armazéns (Bon Marché, Galeries Lafayette e Printemps)e hipermercados, como Auchan, Carrefour, e Leclerc-Galec. Esta edição da Intersélection ficou marcada pela introdução de um novo conceito, assente na ideia de um novo salão, mais qualitativo, por unanimidade O novo conceito de Intersélection baseado numa reflexão qualitativa, criativa e reactiva seduziu tanto visitantes como expositores. De facto, estes últimos entraram plenamente no «jogo» que lhes foi proposto, participando activamente neste reposicionamento do salão. O visitante pôde ainda constatar um esforço real de apresentação dos stands e uma verdadeira «mise en scène» dos produtos, criando assim uma maior interactividade entre a oferta dos expositores e a Avenue de La Mode, onde decorreu o fórum de tendências, os desfiles de moda, etc. Esta edição marcou assim o nascimento de um novo salão de moda fundado na presença dos profissionais de curto termo e de actualização e dos especialistas de logística, com o objectivo de responder da melhor forma possível às expectativas dos profissionais da distribuição moderna e organizada. Pela segunda vez, os salões Intersélection e Fatex uniram os seus esforços no mesmo espaço, tendo recebido no conjunto 12.249 visitantes. As acções de promoção em França e na Europa, permitiram mobilizar as empresas da distribuição francesa, europeia e mesmo internacional: as cadeias de lojas especializadas, os grandes armazéns, os armazéns populares, os catálogos de venda, os hipermercados e os «cash & carry», as centrais de compras, os grossistas e os importadores. Iniciando uma estratégia de promoção internacional, a Intersélection assume-se como «o» encontro bi-anual dos profissionais de vestuário, aguardando os seus visitantes na próxima edição, que terá lugar nos dias 5, 6 e 7 de Novembro, igualmente em Paris.