INTERSÉLECTION adapta-se aos tempos modernos

Realiza-se entre 14 e 16 de Maio, em Paris, mais uma edição da INTERSÉLECTION, o encontro bianual dos profissionais da distribuição moderna e organizada do sector do vestuário (homem, senhora, criança, lingerie, acessórios de moda e tecidos). Esta edição propõe um painel de produtos «prêt-à-vivre», que corresponde a uma distribuição adaptada a uma nova oferta, baseada no espírito «centro de cidade», segundo o qual a vida rima com o movimento dos consumidores que continuamente buscam novidades, e estão sempre à espreita das tendências. A cidade surge assim como o tema central desta INTERSÉLECTION, porque a distribuição organizada e as marcas tornaram-se os construtores do centro da cidade. Enraizada na cidade e contemporânea, a INTERSÉLECTION é a moda vivida pelo consumidor no centro das cidades. A INTERSÉLECTION adopta um novo visual, retomando o carácter moderno, vivo e caloroso da distribuição implantada no coração da cidade, e portanto da vida. O comprador poderá visitar os «quartiers» (diferentes sectores do salão), assistir a um espectáculo de rua, e poderá ainda relaxar por uns momentos, no Web Bar. A próxima INTERSÉLECTION apresentará sectores bem identificados:

  • O «prêt-à-vivre» no feminino: O pronto-a-viver feminino reagrupa no salão o pronto-a-vestir senhora Young fashion, tamanhos grandes, vestuário exterior, malha e citywear, a lingerie, o banho e os acessórios de moda.
  • O «prêt-à-vivre» no masculino, que apresenta: pronto-a-vestir homem citywear, malha, casual e vestuário exterior, os seus acessórios de moda e os seus interiores.
  • A atitude 2-15, que 2-15 engloba a moda da criança, a das “lolitas”, a dos adolescentes e seus acessórios.
  • A INTERSÉLECTION propõe iniciar e continuar uma verdadeira troca interactiva entre os seus visitantes (compradores das cadeias especializadas, centrais de compras, grandes armazéns, grossistas, agrupamentos de compras e retalhistas, hipermercados, etc.) e os seus expositores (confeccionadores de vestuário). De facto, a relação «fabricante-consumidor final», durante muito tempo considerada como unilateral – um fabricava e o outro consumia – já acabou. O objectivo da INTERSÉLECTION é posicionar o visitante no centro da reflexão. O visitante não é um visitante como os outros, é um visitante ao qual esta feira pretende dar uma ajuda eficaz, útil e agradável, oferecendo serviços inovadores e práticos. Entres alguns destes serviços, podemos apontar: o «espaço encontros», um lugar de troca interactiva, de encontros de convívio e profissionais, um espaço onde se respira o «l”air du temps», antecipa as trocas, descodifica as correntes de moda, etc.; as «caixas de ideias», que serão postas à disposição do visitante para recolher os seus desejos, as suas ideias, os seus reparos e até mesmo críticas, para a feira lhe propor produtos adaptados e sempre mais profissionais; e um «espaço bem-estar», pois visitar um salão é cansativo, e a organização compreendeu bem este facto, colocando à disposição do visitante alguns serviços para o seu bem-estar. Para ilustrar o tema «A vida, A cidade, A moda», a cenografia do Fórum Tendências vai-se inspirar fielmente no «espírito boutique» que reina no centro da cidade. Uma rua com boutiques e ambientes ritmados de apresentações flash, acentuando ao longo do percurso os pontos fortes da estação. O desfile encarnará também até ao fim, o «espírito centro da cidade”, culminando com as apresentações «esterilizadas» em ambientes discretos, sobre um palco imaculado. A manifestação exibe a sua novidade «urbana», e as apresentações desenrolar-se-ão num cenário de centro da cidade, em que os manequins desfilarão ao nível do solo, dando a impressão de estar na rua. Este salão, criado em 1979, realiza-se duas vezes por ano (Maio e Novembro), e ocupa uma superfície total de 19 000m². Na última edição contou com 7.621 visitantes, dos quais 21,7 % foram estrangeiros, e registou a participação de 371 expositores, dos quais 41,8 % eram estrangeiros.