IMB 2009 superou expectativas

«A IMB 2009 respondeu efectivamente ao epíteto de ser o principal evento do sector. Praticamente todos os líderes do mercado na Alemanha e de todo o mundo estiveram em Colónia, gerando uma nova dinâmica para o sector e enviando um sinal positivo, no momento certo, em relação ao futuro desenvolvimento da indústria. é isso que torna uma feira líder de um sector, destacar-se em relação a tudo o resto», afirmou Gerald Böse, presidente da Koelnmesse. Elgar Straub, presidente da VDMA, a associação alemã de tecnologia de vestuário e couro que é patrocinadora conceptual da IMB, corroborou a opinião da organização: «isto foi o que o sector precisava: uma IMB para demonstrar o nosso poder inovador, em consonância com os mais elevados padrões internacionais, servindo como o local ideal para reunir a indústria. é também importante para os expositores oferecerem um bom leque de produtos e serviços, para alcançarem o grupo-alvo de visitantes. A IMB 2009 teve sucesso em ambas as frentes». O elevado nível de visitantes profissionais com responsabilidade para a tomada de decisão foi objecto de louvor quase unânime pelos expositores. «Embora houvesse menos visitantes do que em 2006, a qualidade dos debates e os contactos realizados aumentou consideravelmente», revelou Petra Grathwohl, gerente de vendas e marketing da Gütermann SE. Thomas Willing, director-executivo da Avery Dennison Central Europe GmbH, mostrou-se ainda mais entusiasmado: «foi simplesmente uma super-feira, um sucesso total. Recebemos muitos mais visitantes comerciais do que em 2006. E eram decisores de topo». A gama de produtos e serviços patente este ano englobou máquinas e equipamentos, soluções de tecnologias de informação e serviços para todas as fases da cadeia de valor têxtil – desde o desenvolvimento de produto e vários tipos de processos de produção até à distribuição. Além disso, a IMB apresentou, mais uma vez, uma vasta gama de técnicas de processamento de têxteis técnicos, máquinas têxteis, acabamentos têxteis e logística recorrendo a soluções RFID. O elevado nível de qualidade dos produtos foi salientado por Günter Veit, director executivo do Veit Group International: «vimos que as principais empresas do mundo enviaram representantes para a IMB. Apesar dos tempos difíceis, não lamentamos ter mantido o nosso rumo e organizado uma grande apresentação. Os resultados provam que tomamos a decisão correcta: o número de contactos com clientes e negociações de encomendas foi superior ao registado em 2006». A atractividade da IMB foi também a razão pela qual Tobita Shigeru, da japonesa Juki Corporation, participou no certame. «A IMB é a maior plataforma sobre a qual nós, enquanto actores mundiais, podemos apresentar os nossos novos produtos», referiu Shigeru. Da mesma forma, Hendrik Moelleken, director de marketing na Dürkopp-Adler AG, revelou que «tomamos a decisão certa ao organizarmos uma apresentação forte da nossa empresa e dos novos produtos, em Colónia. Quando se trata de inovação, a IMB continua a ser principal feira comercial para nós». A extensa gama de produtos em exposição foi ampliada por um programa de apoio de elevada qualidade. As apresentações feitas por especialistas e representantes de empresas no IMB Forum e no Speakers’ Corner foram particularmente concorridas. O âmbito do IMB Forum deste ano foi especialmente internacional. Oradores de quase todo o mundo discutiram o tema “Tecnologia como a coluna vertebral do futuro – oportunidades através do progresso”, oferecendo uma panorâmica da evolução e das tendências globais do sector. O evento de partida, intitulado “Future Talk”, gerou uma grande resposta da plateia. Em frente a uma forte afluência de visitantes, participantes de renome estiveram envolvidos em discussões controversas relativamente às questões ambientais e de sustentabilidade e à sua importância para a indústria têxtil. O IMB Marketplace ofereceu aos expositores um cenário descontraído, onde podiam preparar-se para um novo dia na feira, assistir a apresentações de peritos e obter informações sobre temas actuais do sector. O último dia da feira foi totalmente dedicado à próxima geração do sector. Alunos, estudantes e jovens profissionais aproveitaram a oportunidade no IMB Career Day para aprenderem mais sobre os diversos programas de formação avançada e os cursos disponíveis no sector têxtil. A oferta, que pretendeu abrir uma plataforma de comunicação entre a IMB e os jovens profissionais, foi saudada quer por expositores, quer pelos potenciais trabalhadores. Prémios Inovação Como parte integrante de uma cerimónia festiva na IMB 2009, foram anunciados os vencedores da segunda edição dos IMB Innovation Awards. Um júri, composto por representantes da imprensa internacional e de empresas do sector que operam à escala global, teve de fazer uma escolha difícil entre mais de 30 inovações apresentadas, premiando os melhores em três categorias. Na categoria “Exhibitors”, o primeiro prémio foi para a empresa francesa Sarl Erbe Innovation pelo “Intelligent linking machine”. O vencedor do primeiro prémio na categoria “Research & Development” foi o Instituto de Tecnologia Têxtil e Vestuário da Universidade de Dresden, com a “Virtual Fit Simulation”. O primeiro prémio na categoria “Students & Young Professionals”, que compreende o valor de 3.000 euros, foi apresentado pela primeira vez este ano, sendo atribuído a Anne Selby pela “Compleat Arashi Shibori Wrapping Machine”. As correntes da feira Uma grande tendência na IMB 2009 foi a questão da ecologia e da sustentabilidade. Em todas as áreas de produtos da IMB, os fabricantes de máquinas e instalações apresentaram produtos que conservam energia e recursos, produzem pouco ruído e vibrações e são ergonómicos e “amigos” do utilizador. O foco no segmento da logística esteve na interligação de todos os processos, desde a colocação da encomenda em produção até à saída na loja. A automação foi o ponto principal entre os fornecedores de tecnologia de costura. Os clientes destas empresas, reagindo ao actual momento de crise, apostaram nas mais-valias da produção eficiente e na eficácia em termos de custos, mantendo a qualidade elevada. A área de tecnologias de informação foi completamente dominada pela tecnologia Rfid. Os custos dos dispositivos de leitura e antenas diminuíram significativamente e foram definidas normas internacionais. Por conseguinte, o interesse nesta tecnologia foi elevado. Futuro incerto O futuro da feira internacional IMB – World of Textile Processing, esteve em dúvida, após o seu principal patrocinador decidir apoiar uma nova feira que vai ser lançada dentro de dois anos. O anúncio surpresa por parte da associação alemã de tecnologia de vestuário e curtumes, pertencente à VDMA (Verband Deutscher Maschinen und Anlagenbau) surgiu apenas alguns dias após ter felicitado a última feira IMB, que decorreu em Colónia. A VDMA defende agora que tenciona entrar como parceiro no Texprocess, um evento a ser lançado em Maio de 2011 em Frankfurt, em paralelo com a Techtextil, a feira internacional de têxteis técnicos e não-tecidos. A feira Texprocess, que está a ser organizada pela Messe Frankfurt, vai apresentar máquinas, instalações, processos e serviços para a indústria têxtil e de outros materiais flexíveis. Em termos fundamentais, a decisão significa que os membros da VDMA, incluindo a Dürkopp Adler, Expert Systemtechnik, Ferd Schmetz, Groz-Beckert e Veit, estão agora garantidos para a Texprocess. A IMB decorreu em Colónia ao longo dos últimos 35 anos e, no seu actual formato, tem sido realizada a cada três anos. Gerald Böse considera que a «decisão unilateral» da VDMA para terminar a parceria é «muito difícil de compreender, especialmente agora», acrescentando que «acredito que a posição única do evento no mercado, como feira europeia independente para o processamento de têxteis, bem como a sua reputação mundial, foram seriamente colocadas em risco. Vamos analisar a nova situação em conjunto e, em seguida, tomar uma decisão sobre o futuro do processamento têxtil como tema de feira, no nosso centro de exposições, em Colónia». Apesar de toda esta controvérsia, o site da feira anuncia já uma próxima IMB, para 2012, entre os dias 8 e 10 de Maio.