IFCO bate edições anteriores

Na sua terceira edição, a IFCO recebeu mais de 22.500 visitantes, um recorde em comparação com setembro e março do ano passado, afirmando, desta forma, o seu papel como centro de negócios para a indústria de moda da Turquia.

[©IFCO]

A IFCO – Istanbul Fashion Connection realizou-se de 8 a 11 de fevereiro, contando com a presença de 588 expositores espalhados por nove pavilhões, ocupando uma área de 100 mil metros quadrados, e com a visita de 22.543 profissionais, 45% dos quais provenientes de 134 países, sobretudo da Ásia (33%), Médio Oriente (33%), Europa (19%) e África (13%). Representantes da Ackermans, do El Corte Inglés, da Nieman Marcus e do Printemps, entre outros, foram alguns dos compradores que estiveram em Istambul.

Os números e o ambiente da feira turca foram, contudo, prejudicados pelos graves sismos que abalaram o país dois dias antes da IFCO abrir portas e que fizeram mais de 40 mil vítimas mortais e terão afetado mais de 13,5 milhões de pessoas. «Os nossos corações e pensamentos estão na zona do terramoto e foi muito difícil organizar uma feira neste processo. Contudo, quanto mais fortes formos economicamente, mais rápido podemos curar as feridas deste sismo», afirma Mustafa Paşahan, vice-presidente da associação de exportadores de vestuário de Istambul İHKİB.

[©IFCO]
Aliás, as associações de exportadores do país fizeram uma campanha imediata de apoio à população afetada que, de acordo com Mustafa Paşahan, resultou em «mais de 150 camiões cheios de alimentos, água, roupa de inverno, meias, roupa interior, sapatos de inverno e botas, cobertores, casacos, fraldas para bebés, aquecedores elétricos e alimentos secos enviados». No entanto, sublinha, «mais de 6.500 edifícios colapsaram na Turquia, deixando centenas de milhares desalojados. Abrigos e evacuações não são ainda suficientes e a situação é difícil para os que ainda estão na rua. Por isso, a Assembleia de Exportadores da Turquia (TIM) e as associações de exportadores começaram uma nova campanha que consiste em componentes pré-fabricados próximos das zonas industriais organizadas para criar centros de abrigo temporários e fornecer instalações para continuar a produção».

Em 2022, a indústria têxtil e vestuário da Turquia produziu 79 mil milhões de dólares (cerca de 74,7 mil milhões de euros) e exportou 31,2 mil milhões de dólares, o que representou 12,4% do total das exportações do país. Estes sectores representam ainda 17% da produção industrial e empregam 1,2 milhões de pessoas.

Atualmente, a Turquia é o terceiro maior fornecedor de vestuário da União Europeia, sendo cada vez mais importante também para a América do Norte e a América do Sul. Segundo os dados da organização da feira de moda, as exportações para os EUA aumentaram mais de 60% nos últimos cinco anos.

A próxima edição da IFCO está agendada para 9 a 11 de agosto de 2023.

[©IFCO]