H&M acima das expectativas

A gigante da moda Hennes & Mauritz registou no terceiro trimestre deste ano resultados acima do esperado, incluindo um aumento súbito de 53% em lucros antes de impostos, passando de 138,5 milhões de euros no mesmo período do ano anterior para 207,8 milhões de euros. Segundo a Reuters, o maior retalhista mundial de vestuário afirmou que as vendas aumentaram 15% para 1,38 mil milhões de euros e revelou que as margens de lucro melhoraram significativamente de 51,3% para 54% em 2001, no que diz respeito às suas operações americanas. O operador de mais de 800 lojas anunciou também a intenção de abrir 39 novas lojas no quarto trimestre, com a maioria a ser aberta nos Estados Unidos, Alemanha e Espanha. «O grupo H&M aumentou o seu volume de negócios em todos os países que opera», afirmou um porta-voz da empresa. As vendas em Agosto subiram 16% em comparação com Agosto do ano anterior. No entanto, o tempo desajustado à época do ano atingiu a as vendas na Escandinávia durante o final do trimestre. Ainda segundo a H&M «as margens brutas aumentaram especialmente devido ao baixo nível das reduções dos preços, como resultado das bem equilibradas colecções e de um melhorado controle de inventário, mas também devido aos baixos custos dos artigos.»