Franceses e Francesas mais altos e mais gordos

A Campanha Nacional de Medição 2006, lançada pelo IFIH (União Francesa das Industrias do Vestuário) e realizada pelo IFTH (Instituto Francês do Têxtil e do Vestuário), acaba de publicar os seus resultados, qualificados de «bastante surpreendentes» pelo presidente da Federação Francesa do Pronto-a-Vestir Feminino, Christian Bédeau. Trinta e seis anos depois da última, a nova campanha foi realizada sobre uma amostra de 11.562 pessoas, dos 5 aos 70 anos, onde se encontravam representadas todas as categorias da população francesa. Para o efeito, utilizou-se uma inovadora tecnologia tridimensional que efectuou 85 medições precisas, manuais e virtuais. Três parâmetros foram levados em conta para a melhor representatividade possível: o sexo (homem e mulher), a faixa etária (um total de 12) e a região geográfica. Os franceses e as francesas estão mais altos e mais fortes. Num século, os homens cresceram 11 cm e as mulheres 8 cm. Em comparação com as medições anteriores, realizadas em 1970, os pequenos permanecem pequenos e os grandes são ainda maiores. A mulher francesa média mede 1,625 m e pesa 62 kg, tem 93,7 de busto e calça entre o 37 e o 38. Quanto ao homem médio, mede 1,756 m, pesa 77,4 kg, tem 102,2 de torso e calça entre o 41 e o 42. O objectivo desta campanha é reactualizar os tamanhos do vestuário para a indústria do pronto-a-vestir. Segundo o estudo, uma em cada três mulheres e um em cada seis homens têm dificuldade em encontrar vestuário à sua medida. Actualmente, estes resultados estão a ser comercializados num estojo antropométrico.