FibreTrace, Cargill e Target rastreiam algodão nos EUA e no Brasil

A fornecedora de soluções de rastreabilidade FibreTrace estabeleceu uma parceria com a Target Corp e a Cargill para verificar, em tempo real, o algodão dos EUA e do Brasil na cadeia mundial de aprovisionamento.

[©FibreTrace]

Com a utilização da tecnologia FibreTrace, a Target Corp pode agora rastrear e verificar a origem da fibra de algodão em tempo real, promovendo a responsabilização ao longo de toda a cadeia global de aprovisionamento têxtil e aumentando o valor das soluções de rastreabilidade digitais.

No primeiro ano de colaboração, a parceria pretende marcar 50.000 toneladas de algodão bruto dos EUA e do Brasil. A primeira marcação do algodão dos EUA ocorreu em novembro de 2023. Esta iniciativa deverá abrir caminho para uma verificação contínua e em tempo real do algodão, assegurando confiança e credibilidade durante todo o ciclo de produção.

O processo de descaroçamento do algodão, que é a fase inicial do processamento, é onde a FibreTrace – já usada por várias empresas portuguesas que usam algodão Good Earth Cotton, como a Acatel e a Coton Couleur – integra pigmentos luminescentes ao algodão cru, criando uma assinatura única. Estes pigmentos são depois rastreados e identificados ao longo de toda a cadeia de aprovisionamento. Os dados são carregados de forma segura com blockchain e partilhados através da plataforma FibreTrace ou de uma plataforma digital à escolha da marca.

«A FibreTrace está entusiasmada com a parceria com a Target e a Cargill para oferecer inovação, transparência e integridade da fibra para o algodão dos EUA e do Brasil», afirma Mitch Standen, diretor das Américas da FibreTrace. «Esperamos que esta parceria inspire um efeito de mudança em cascata, demonstrando a outras empresas o que é possível. Encorajamos o nível de rastreabilidade que esta parceria proporciona aos clientes para que outras marcas sigam o nosso exemplo», acrescenta Danielle Statham, fundadora e diretora-geral da FibreTrace.

[©FibreTrace]
«Alcançar visibilidade total sobre onde é cultivado o algodão usado para produzir os nossos produtos está entre as principais prioridades nos nossos objetivos de sustentabilidade. A nossa parceria com a FibreTrace e a Cargill é um passo importante para melhorar a rastreabilidade para a indústria e vai permitir-nos acelerar esses esforços com os nossos fornecedores», sublinha, por seu lado, Bill Foudy, vice-presidente sénior e presidente de marcas próprias da Target.

«A Cargill desempenha um papel crucial como parceira da cadeia de aprovisionamento, garantindo que a FibreTrace seja implementada no nosso processo no descaroçador e depois com a entrega desse algodão específico à Target», indica Matt Dunbar, diretor-geral da Cargill Cotton. «Estamos empolgados por ter a oportunidade de construir uma cadeia de aprovisionamento rastreável que ajuda a Target a identificar onde o seu algodão é obtido, com base na tecnologia fornecida pela FibreTrace», conclui.