Ferpil reinventa a cama

A Ferpil estreou 2006 de forma completamente revolucionária. Com efeito, a marca especialista no universo do lar empreendeu, neste início do ano, uma singular renovação do seu conceito de roupa de cama na sequência de «uma grande aposta no desenho e na moda», tal como sublinha o seu presidente Eduardo Ferraz, mas também graças a inovadoras técnicas de estampagem por quadricomia. O resultado foi uma miríade de lençóis, fronhas, capas de edredão, todos com estampados que incluem desde a recriação de obras de Leonardo da Vinci até desenhos inspirados claramente pelas tendências de moda actuais: casual, sport, vintage e avant-garde. O departamento de desenho da Ferpil é, por consequência, o coração da empresa, que bate ao compasso da alta criatividade e da avançada tecnologia. Em particular, o crescimento e a modernização da empresa têm impulsionado o desenvolvimento de novos padrões e produtos, bem de acordo com as actuais exigências do mercado, e que resultam na oferta de colecções exclusivas e personalizadas. Toda esta eficiência da Ferpil advém certamente da bem estruturada linha de acção empresarial, pautada por uma excelente coordenação desde os processos produtivos até aos serviços comerciais. Além de uma grande diferenciação de produtos, que abarcam a globalidade do lar: roupa de cama, felpos, roupa de mesa e artigos de cozinha. Afinal, o seu objectivo-mor é que a casa Ferpil seja o lar de cada um de nós. Actualmente, a Ferpil prepara-se para explorar novos mercados, como a Dinamarca, Croácia e Israel, na sequência dos novos contactos efectuados durante a recente edição da feira Heimtextil, um rendez-vous incontornável para a marca de têxteis-lar. «Estamos a tentar entrar em força na Europa de Leste, onde já temos alguns clientes na Hungria e na Polónia», revela Ana Guerra, comercial de exportação da Ferpil. A Ferpil é marca própria do grupo Ferraz Pinto – Indústria Têxtil. O grupo é actualmente constituído por 5 unidades distintas: a Ferraz Pinto – Industrias Têxteis SA que produz e comercializa têxteis-lar; a Ferraz Pinto – Comércio Têxtil Lda. é especialmente orientada para os clientes do mercado dos têxteis-lar; a Textiles Ferpil SL, localizada em Espanha, direccionada para o mercado espanhol e de exportação para os os países do Médio Oriente e da América Latina; a A.C. Guimarães, especialista em estamparia têxtil; e a cadeia de lojas especializada em têxteis-lar Home Sweet Home, que conta já com um total de 8 por todo o país. Em 2005, o grupo registou um volume de negócios de 21 milhões de euros, com um efectivo de 230 pessoas. Metade da sua facturação resultou da exportação para mercados como a Espanha, França e Inglaterra. «2005 foi um ano razoável face às dificuldades conjunturais, em que crescemos bastante nos mercados francês e inglês. Em 2006, esperamos crescer ainda mais no mercado espanhol, e sobretudo continuar a privilegiar na nossa estratégia a inovação, a qualidade total e o serviço. Afinal o cliente é soberano», conclui Eduardo Ferraz.