Exportações a descer

Segundo estimativas do Observatório Têxtil, calculadas com base nos dados publicados hoje pelo INE, as exportações de têxteis e vestuário no período de Janeiro a Abril de 2002 diminuíram 1,26%, face ao mesmo período do ano anterior. A estimativa do CENESTAP para o valor exportado neste período situa-se nos 1.723 milhões de euro, face a 1.745 milhões em 2001. A evolução das exportações foi fortemente pressionada pelos maus resultados do vestuário, com uma quebra de 2,6%. As exportações de têxteis terão crescido, no período, 0,9%. As importações cresceram ligeiramente (0,24%), com o vestuário a apresentar uma taxa de variação extremamente elevada (+10,1%). As importações de têxteis diminuíram 4,1% em valor.